domingo, 13 de junho de 2021

Cidades
Compartilhar:

Demora no parto pode ter sido causa da morte de bebê na maternidade Frei Damião

Aline Martins / 15 de setembro de 2015
Foto: Arquivo
A demora para se fazer um parto, aguardando que ocorresse de forma normal, pode ter sido consequência da morte de um bebê. É o que acredita os familiares da paciente Michelle Alves, que foi internada na última sexta-feira, no Hospital e Maternidade Frei Damião, no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. A mãe dela, Maria do Rosário Alves, contou que conversou várias vezes com as médicas de plantão para saber se a filha estava na hora do parto, mas eles examinavam e diziam que não tinha chegado o tempo e era para aguardar. Só que quando decidiram fazer, o bebê já estava morto na barriga. O mau atendimento é denunciado por outros familiares de pacientes. Uma delas, a mulher teve o bebê sozinha.

Maria do Rosário contou à repórter Mislene Santos, da Rádio Correio 98 FM, que a filha sofria muito com dores e pedia para as médicas examinarem. Uma delas olhou, examinou, ouviu os batimentos da criança e disse que não tinha chegado a hora.

Ainda de acordo com a mãe de Michelle Alves, quando houve uma nova insistência, a médica foi ouvir novamente, mas dessa vez, Maria do Rosário percebeu algo diferente. “Não estava do mesmo jeito. Está diferente. Eles disseram que era o aparelho. Daí trouxeram um outro aparelho e ficou do mesmo jeito”, contou, acrescentando que a partir disso é que foram para o bloco cirúrgico e uma enfermeira depois informou que a filha estava bem, mas a criança avia morrido. “Não teve o socorro na hora que era para ter”, frisou.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas