terça, 24 de abril de 2018
Cidades
Compartilhar:

CNH digital deve sair na segunda quinzena deste mês

Beto Pessoa / 06 de Fevereiro de 2018
Foto: Reprodução da internet
A emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) eletrônica só deve estar ativa na Paraíba a partir da segunda quinzena de fevereiro, segundo informações da assessoria de imprensa do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB).

Segundo informações da assessoria de imprensa do Detran-PB, que informou que as fontes para a matéria estavam inacessíveis, a demora para início do serviço se deve às últimas adaptações que estão sendo realizadas no sistema para liberar a funcionalidade. A assessoria reforçou que não há atraso, haja vista que o prazo estipulado pelo Denatran é 1º de julho.

A CNH eletrônica é uma modalidade alternativa à CNH tradicional e visa dar maior comodidade e facilidade ao condutor. O documento impresso continua valendo da mesma forma, de maneira que, ao renovar a CNH, ainda que tenha aderido à CNH Digital, o condutor receberá o documento impresso.

É importante frisar que apenas condutores que emitiram, seja primeira ou segunda via, ou renovaram a CNH a partir de junho de 2017 que poderão solicitar o credenciamento. Isso acontece porque é necessário, para o cadastro, que a CNH tenha o QRCode, informação adicionada aos documentos apenas do meio do ano passado pra cá. Quem tiver gerado a carteira antes desse prazo, mas quiser aderir à CNH Digital, basta renovar a habilitação ou solicitar uma segunda via. Lembrando que o procedimento não é obrigatório, ou seja, caso o condutor deseje permanecer com a CNH sem o QRCode até que se extinga sua validade, pode fazê-lo sem qualquer prejuízo.

O cadastro da CNH eletrônica é feito pelo site do Portal de Serviços do Denatran (https://portalservicos.denatran.serpro.gov.br/#/login). Só é necessário comparecer à sede física do Detran-PB única e exclusivamente para realizar a atualização do cadastro (telefone, e-mail e endereço). Se os dados já estiverem atualizados a visita não é necessária.

Quando o Detran-PB liberar a funcionalidade no Estado, na segunda quinzena de fevereiro, os usuários cadastrados receberão do Denatran um link de ativação via e-mail. Após isso já estarão aptos a utilizarem o aplicativo “CNH digital”, por onde o condutor vai ter acesso à CNH eletrônica.

O Detran-PB reforça que andar apenas com a CNH Digital (que só pode ser acessada única e exclusivamente através do aplicativo “CNH Digital” do Serpro) não é recomendado, uma vez que o smartphone pode descarregar e a CNH é documento de porte obrigatório. Sendo assim, ao ser parado em uma blitz, o condutor terá duas opções: apresentar a carteira tradicional ou a digital. Mas sempre terá que apresentar uma delas.

Relacionadas