sábado, 05 de dezembro de 2020

Cidades
Compartilhar:

Cinco blocos do folia de rua desfilam nesta terça em João Pessoa

Aline Martins / 02 de fevereiro de 2016
Foto: Arquivo
No quinto dia da prévia carnavalesca de João Pessoa, o Folia de Rua, cinco blocos desfilam nos bairros dos Bancários, Cabo Branco, Jaguaribe, Jardim Treze de Maio e Miramar. O primeiro a entrar na avenida será o Portadores da Folia que abordará a questão dos problemas enfrentados pelas pessoas com deficiência e o último será o Acorde Miramar, que vai fazer um “esquenta”, um anúncio da Quarta-feira de Fogo – dia que desfila o Muriçocas.

Com o tema: Diversidade, paz e alegria: Portadores da Folia, o bloco, que tem 23 anos de história, será puxado pela banda Acredite, do Centro de Atividades Especiais Helena Holanda (CAEHH), a partir das 15h30 saindo da Avenida Cabo Branco, em frente a Empadinhas Barnabé, até o Largo da Gameleira, no bairro de Tambaú. Além disso, os foliões contarão com uma orquestra de frevo na concentração e também uma oficina de maquiagem.

De acordo com Juliano Almeida, coordenador do Núcleo de Vivência em Arte (NVA) da Fundação de Apoio ao Deficiente (Funad), o objetivo é mostrar para a sociedade e até mesmo cobrar dos poderes públicos o cumprimento de leis. Ele frisou a importância de se respeitar a exclusividade das vagas de estacionamentos, por exemplo. Além disso, destacou que desde 1994 o bloco é filiado a Associação Folia de Rua e este ano só vai desfilar porque houve a garantia de trio e da banda, pois lembrou a redução dos recursos repassados pelo poder público. Lembrou ainda que o Portadores da Folia não é um bloco da Funad, mas de todas as pessoas com deficiência. A Funad organiza o desfile. O hino do bloco é escrito por Marcone Barbosa e Osvaldo Nery.

Outro bloco que desfile hoje é o Acorde Miramar, que se concentra Às 20h, na Avenida Tito Silva, bairro de Miramar. “O bloco sai pontualmente às 23h59, pelas ruas do bairro e quem puxa é Fubá com serenata de violões. Outras pessoas, amigos músicos com seus violões e outros instrumentos devem animar o público”, contou o presidente Zé Neto. Além disso, lembrou que muitos foliões vão vestidos de pijamas e outros ficam nas suas portas acendendo e apagando as luzes, acenando para a chegada da Quarta-feira de Fogo.

“É um espaço de brincar, de se divertir, de se alegrar porque é Carnaval, mas também é um momento de chamar a atenção de toda a sociedade para as políticas direcionadas às pessoas com deficiência, ou seja, para que as pessoas possam estar sensibilizadas a garantir os direitos das pessoas com deficiência. Haja vista que hoje a gente tem leis consolidadas, estruturadas, mas do ponto de vista prático, o que a gente chama de barreiras atitudinais, a gente pede que as pessoas respeitem o direito”. Juliano Almeida – coordenador do Núcleo de Vivência em Arte (NVA) da Funad.

Programação:

- Portadores da Folia

Concentração: 15h

Local: Avenida Cabo Branco

- Galo do 13 de Maio

Concentração: 18h

Local: Praça Assis Chateaubriand

- 25 Bichos

Concentração: 18h

Local: Av. Floriano Peixoto c/ a Cap. José Pessoa, Jaguaribe

- Baratas dos Bancários

Concentração: 19h

Local: Rua Rosa Lima dos Santos, Bancários

- Acorde Miramar

Concentração: 20h

Local: Praça das Muriçocas, Miramar

Relacionadas