sábado, 21 de julho de 2018
Cidades
Compartilhar:

Chuvas nos primeiros dias de 2016 animam agricultores e mudam a paisagem

Fernanda Figueirêdo / 17 de janeiro de 2016
Foto: Chico Martins
Com as primeiras chuvas do ano, tendo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) registrado precipitação em 169 municípios paraibanos, a esperança de um bom inverno começa a ser alimentada pelo homem do campo que espera que 2016 seja um ano de lavoura e recarga dos reservatórios que abastecem o Estado. Muitos agricultores, confiantes em São Pedro, já preparam a terra e até plantaram as primeiras sementes do roçado. O fato é que o verde que já se descortina na paisagem antes seca, principalmente nas regiões do Sertão e Cariri.

Apesar disso, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta que as previsões para a Paraíba são de chuvas irregulares com maior probabilidade de precipitações abaixo da média histórica.

De acordo com Edvaldo Correia, meteorologista do Inmet em Recife, o prognóstico para o primeiro trimestre de 2016 para a Paraíba prevê possibilidade de 40% de chover abaixo da média histórica, contra 35% de chuvas normais, dentro da média, e 25% de probabilidade de chover mais que o esperado. Até agora, em algumas cidades do Cariri e Sertão, em menos de 16 dias o órgão verificou precipitação acima do que é esperado para o mês.

“Este é um ano de chuvas irregulares. Ou seja, o acompanhamento meteorológico precisa ser diário e é preciso que haja continuidade das chuvas, que nesse momento podem ser apenas passageiras. Eu aconselharia o agricultor a guardar suas sementes e esperar um pouco mais, mas tomara que a previsão esteja errada e chova bastante. É possível”, avaliou Ednaldo.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas