segunda, 23 de novembro de 2020

Chuva
Compartilhar:

O ‘milagre’ de São Gonçalo: Açude tem atualmente 43% da capacidade hídrica

Fernanda Figueirêdo / 31 de julho de 2016
Foto: João Fábio Soares
Quando aportar por aqui, o Rio São Francisco cairá em nove reservatórios, seis deles vêm abastecendo os paraibanos há décadas e três são novos. O açude São Gonçalo, no meio do Sertão paraibano, foi o único dos existentes agraciado pelas poucas chuvas caídas na região, este ano. Até os técnicos do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs) descrevem a recarga hídrica como um 'milagre'. Nome de santo ele tem.

O açude praticamente secou no início do ano. Católicos da região, semanas antes das chuvas de março, fizeram vigílias de oração  à beira do  manancial que estava, na época, com 2% de sua capacidade total.  Então veio o tal milagre e o São Gonçalo chegou à metade (53%). Hoje está com 43,5% (19.381.120 m³).

“São Gonçalo foi o único açude da região com recarga acentuada este ano. Em 22 de março, com uma chuva de 109 mm na bacia do reservatório, ele alcançou 27% de volume. No dia 30, subiu para  35%. Rios e açudes continuaram desaguando no manancial até abril, quando ele alcançou 53%. Quase todos os açudes afluentes sangraram. A previsão da meteorologia era de inverno abaixo da média, como realmente foi, mas choveu no lugar certo”, explicou o chefe do Dnocs em São Gonçalo, Ednardo Alves.

Leia Mais

Relacionadas