sexta, 19 de abril de 2019
Chuva
Compartilhar:

El niño: estudo prevê chuvas escassas na Paraíba, principalmente no Sertão

Katiana Ramos / 19 de junho de 2018
Foto: Reprodução
O inverno começa oficialmente quinta-feira (21), mas na Paraíba a estação não deve trazer chuvas intensas e no interior as precipitações devem ocorrer abaixo da média no período de junho a agosto. Esse quadro deve ser marcado pelo enfraquecimento da La Ninã e transição para a chegada do fenômeno do El Niño. As informações estão no prognóstico climático divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (InMet) e pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa).

Segundo os órgãos de meteorologia, o enfraquecimento do fenômeno La Niña (resfriamento das águas do Pacífico) e a volta do El Niño (aquecimento das águas do Pacífico) na região equatorial do Oceano Pacífico afeta a costa brasileira. Na Paraíba, segundo a previsão do InMet, as chuvas desse trimestre devem se concentrar mais na região litorânea.

Segundo o meteorologista Flaviano Fernandes, no interior paraibano, do Seridó ao Sertão, as precipitações não deverão ocorrer com freqüência. “O período mais chuvoso nessas regiões terminou em maio. Então, se ocorrerem chuvas, devem ficar abaixo da média”, disse.

A meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, reforçou que as chuvas na região litorânea devem ocorrer dentro da média esperada. Quanto às temperaturas, além de ficarem mais amenas no Litoral, as regiões do Brejo e Agreste devem ser afetadas pela queda nos termômetros. “A temperatura mínima, principalmente no Brejo, deve ficar em torno de 16ºC, durante a madrugada, em algumas cidades. No mês de agosto é quando deve ficar mais frio, com registro de até 12ºC, no Brejo e no Cariri também”, adiantou a meteorologista

Relacionadas