segunda, 23 de outubro de 2017
Cidades
Compartilhar:

Bandidos fazem reféns e levam viatura da Polícia Militar durante assalto aos Correios

Renata Fabrício e Fernanda Figueirêdo / 29 de março de 2016
Foto: Arquivo
Momentos de terror vivenciados por clientes durante o assalto aos Correios de Juarez Távora, na manhã de ontem, durou o dia inteiro para o gerente da agência e uma mulher, feitos reféns por mais de oito horas. Até as últimas informações da Polícia, três homens armados e dois reféns estavam em uma mata na cidade de Pedras de Fogo, Litoral do Estado.

O assalto cinematográfico começou por volta das 10h30 de ontem, quando um trio armado invadiu a agência no Agreste do Estado. Eles levaram uma quantia em dinheiro e o gerente do estabelecimento em uma viatura da Polícia Militar, que chegava ao local para atender a ocorrência.

Os bandidos abandonaram a viatura na BR-230, entre as cidades de Ingá e Gurinhém. Na estrada, ainda com o gerente Saulo Barbosa de Lima de refém, abordaram um Fiesta branco com quatro passageiros dentro, e seguiram em direção a Juripiranga. Por vários minutos, o carro seguiu viagem com oito pessoas, entre reféns e assaltantes. Três reféns conseguiram fugir

O agente de investigação da Polícia Civil de Itabaiana, Vicente Silva, conta que em Juripiranga, três dos cinco reféns, conseguiram fugir durante uma troca de tiros entre os bandidos e a Polícia. “Os bandidos se passaram por policiais, e entraram nesse carro (Fiesta) que já estava com quatro pessoas dentro. Dois deles foram na frente, e um atrás com os outros reféns.

Quando chegaram em Juripiranga, havia uma viatura na entrada da cidade aguardando e eles trocaram tiros. Neste momento, deu tempo de três, dos cinco reféns saírem do carro.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas