segunda, 17 de junho de 2019
Água
Compartilhar:

Fortes chuvas causam estragos em Campina Grande

Wênia Bandeira e Fernanda Figueirêdo / 11 de dezembro de 2018
Foto: Antônio Ronaldo
A Paraíba registrou precipitações em todas as regiões, segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa). As chuvas já eram esperadas pelos meteorologistas e a previsão é de mais ocorrências pelo Estado. Mesmo com o pouco que foi registrado em Campina Grande, a Defesa Civil atendeu ocorrências de queda de árvore e alagamentos.

O maior volume de chuvas foi registrado na cidade de Salgado de São Félix, localizada na região de Itabaiana. O volume foi de 45,1 milímetros (mm) de domingo para segunda-feira, de acordo com a Aesa. “Estas chuvas foram previstas e esperadas. Elas foram provenientes de um aglomerado de nuvens que se deslocou do Oceano Atlântico em direção a Paraíba e chegou até ao Sertão”, falou a meteorologista, Marle Bandeira.

No Sertão, a cidade de Lagoa está em segundo lugar no ranking de maiores precipitações. Foram registrados 39,3 milímetros no mesmo período e Marle Bandeira afirmou que deve continuar chovendo.

“São esperadas chuvas isoladas no Sertão e Alto Sertão, onde devem acontecer as maiores precipitações até o fim do ano. No Litoral, podem ocorrer chuvas isoladas nesta terça-feira, mas tudo dentro da normalidade”, acrescentou a meteorologista.

Ocorrências

Apesar da Aesa ter registrado somente 20,2 mm de precipitação em Campina Grande, Agreste paraibano, a Defesa Civil foi acionada nessa segunda-feira (10) para algumas ocorrências, como a queda de uma árvore sobre veículos na Rua Tavares Cavalcante, no centro da cidade, e mais alguns pequenos alagamentos.

Uma equipe da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) se deslocou até o local para ajudar na retirada dos carros atingidos pela árvore. Apesar do estrago, ninguém ficou ferido. “A queda da árvore sugere a necessidade de podas, porque com as chuvas, os galhos ficam mais pesados e tendem a tombar. Fora isso, registramos alguns pequenos alagamentos durante a manhã, nas proximidades na Juscelino Kubitschek, no bairro Cruzeiro, e na Rua Dom Pedro I, no bairro São José. Tudo já foi solucionado”, disse o coordenador da Defesa Civil em Campina Grande, Ruiter Sansão.

Relacionadas