domingo, 18 de abril de 2021

Aedes
Compartilhar:

Na PB: 500 mil frascos de repelentes vão ser distribuídos para grávidas combaterem o Aedes

Mislene Santos com assessoria / 17 de fevereiro de 2017
Foto: Divulgação
O governo federal vai disponibilizar mais de 500 mil frascos de repelentes para serem distribuídos com as mulheres grávidas no estado da Paraíba.  O objetivo é reduzir os índices de doenças relacionadas ao mosquito Aedes egypty, como zika, dengue e febre chikungunya.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) distribuirá 15,9 milhões de frascos para todo o Brasil. A entrega será dividida em sete lotes. O primeiro lote será disponibilizado em março e o último lote em dezembro.

Nesta primeira etapa, a Paraíba receberá 31.380 unidades. As prefeituras ficarão responsáveis por escolher a melhor forma de distribuição – ou no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou na unidade de saúde.

“Os prefeitos conhecem como ninguém a realidade local e a estrutura de cada unidade. Por isso, eles têm autonomia para definir a melhor forma de entregar o produto às gestantes”, explica o secretário-executivo do MDSA, Alberto Beltrame.

Segundo o secretário, a proteção das mulheres grávidas beneficiárias do Bolsa Família é prioridade para o governo federal. “O combate ao mosquito é uma tarefa permanente da sociedade brasileira. Essa ação é mais uma ferramenta nesse conjunto de medidas que precisam ser tomadas, ajudando essas mulheres, especialmente as mais pobres, na prevenção do zika”, afirmou.

 

Relacionadas