segunda, 24 de junho de 2019
Cidades
Compartilhar:

Acúmulo de lixo preocupa moradores de Bayeux

Katiana Ramos / 04 de janeiro de 2019
Foto: Assuero Lima
O lixo voltou a tomar conta das ruas de Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa. No principal corredor da cidade, a Avenida Liberdade, várias sacolas de lixo se acumulam nas calçadas de residências, escolas, pontos de ônibus e até em locais com sinalização proibindo o descarte de resíduos. A cena se repete no Centro, além dos bairros do Mário Andreazza e até no Jardim Aeroporto.

“Lixo? Tá um verdadeiro lixão”, desabafou o comerciante João Pedro, que mora no bairro Jardim Aeroporto. Já no Centro da cidade, o mau cheiro e os insetos atraídos pelo descarte irregular de resíduos atrapalha principalmente quem trabalha com a venda de alimentos. “Entra ano e sai ano e Bayeux desse jeito. A coleta não é regular. Tem semana que o carro (de coleta) nem passa. Ai a gente fica nessa situação e para quem trabalha vendendo comida é pior”, reclamou a dona de uma padaria localizada no Centro.

O acúmulo de lixo nas ruas de Bayeux provocam ainda outro transtorno a população: a ocupação das calçadas. Há trechos em que o amontoado de sacolas tomam conta do passeio público e os pedestres são obrigados a disputar as ruas e avenidas com os veículos. Para cadeirantes e idosos a situação é ainda mais arriscada.

Em novembro de 2018, o CORREIO trouxe uma reportagem denunciando a irregularidade da coleta de lixo em Bayeux. Na época, a Prefeitura de Bayeux alegou que a falta de coleta estava acontecendo porque a empresa responsável pelo serviço estava em fase de contratação. A Prefeitura informou ainda que estava programado um mutirão de limpeza na cidade.

Sem retorno

Desta vez, a reportagem tentou contato, por telefone, com a Secretaria de Comunicação do Município para saber quais as medidas estariam sendo tomadas para regularizar a coleta de lixo. Mas, até o fechamento desta edição não obteve retorno.

Relacionadas