sábado, 16 de janeiro de 2021

Cidades
Compartilhar:

Entre JP e Bayeux: Ponte do Baralho está abandonada

Aline Martins / 21 de janeiro de 2017
Foto: Rafel Passos
A cada dia que passa, a situação da Ponte do Baralho (Ponte Sanhauá), que liga os municípios de João Pessoa e Bayeux se agrava. Mesmo sendo proibido o tráfego de veículos, ainda é possível flagrar motocicletas passando pelo local. A estrutura metálica que serviria para proteger as pessoas ao se aproximarem do Rio Sanhauá para contemplação está quase desaparecendo com os anos de abandono. Centenas de pessoas que moram no bairro do Baralho, que é no município de Bayeux, utilizam o espaço para poder chegar a Capital. Moradores pedem uma solução das autoridades para resolver o problema.

Há muito tempo que a ponte foi abandonada pelo poder público. É o que afirma o morador Ademar Amaro de Alencar. Ele é pescador e viu a ponte sofrendo com a ação do tempo. “A situação está cada vez pior. Ninguém faz nada para melhorar. Muita gente precisa passar pelo local. Não é só a ponte que está abandonada, mas o rio também. Faz muito tempo que fizeram uma dragagem. Eu que pesco no rio sei desses problemas”, frisou, comentando que muitas pessoas que moram na área acabam contribuindo para a sujeira no entorno do Sanhauá.

Não é diferente do que pensa o aposentado Severino Félix Pereira. Mora no bairro desde 1958. Disse que em 1970 foi feita uma melhoria, mas depois disso a única mudança foi o descaso que a Ponte do Baralho sofre. “Está tudo abandonado”, comentou. Assim como o pescador Ademar, o aposentado também pede melhoria no espaço. Ele comentou que não tem medo de atravessar a passarela, mas teme que alguém sofra algum acidente. Já foram registrados casos de mortes. Crianças que brincavam de pular a ponte acabaram morrendo.

Impasse. A Secretaria de Planejamento de João Pessoa (Seplan) informou que a ponte pertence aos dois municípios, pois parte fica na capital e parte em Bayeux. Embora exista um projeto pronto há anos de revitalização do local, ele não pode ser executado em desacordo com a Prefeitura de Bayeux.

Segundo o Ministério Público, é preciso alinhar-se com a prefeitura dessa cidade e provavelmente fazer um novo projeto em conjunto. Na página da rede social oficial da Prefeitura de Bayeux, em uma matéria da gestão, que há uma proposta para a revitalização da Ponte do Baralho, mas não havia detalhes de quando e nem o que seria feito. Ontem, a reportagem procurou a gestão municipal, mas os telefonemas não foram atendidos.

População

2.344 é o número de moradores no Baralho, segundo IBGE.

Relacionadas