terça, 24 de novembro de 2020

Cidades
Compartilhar:

Açude de Boqueirão atinge reserva técnica e está beirando o volume morto

Fernanda Figueirêdo / 24 de dezembro de 2015
Foto: Arquivo
O açude Epitácio Pessoa, no município de Boqueirão, chegou a 52,1 milhões de m³ de água, segundo relatório divulgado ontem pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), que seria a reserva técnica. A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) ainda está conseguindo fazer a captação da água da forma convencional, mas a qualquer momento o reservatório pode entrar no volume morto. A previsão é que essa situação seja atingida até a próxima semana quando deve começar a captação flutuante.

O gerente regional da Cagepa, Simão Almeida, disse que o novo sistema está pronto para funcionar desde o dia 11 de dezembro, quando as três bombas e as tubulações de captação flutuante foram ligadas e passaram a funcionar juntamente com a captação submersa. Ele explicou que hoje a captação da água é feita por tubulações que ficam perto da torre de observação do açude, utilizando a gravidade natural do terreno, sem a necessidade de bomba, mas a qualquer momento pode haver uma interrupção nesse processo.

Segundo Simão, o açude Boqueirão pode ser comparado a um grande recipiente com um ralo para onde a água escoa. Em dado momento, forma-se um vórtice (um redemoinho) nesse ralo, sinalizando que a água está no fim e que é preciso utilizar outro meio para captar a água empoçada em outras partes e é aí que entra a captação flutuante.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas