segunda, 19 de fevereiro de 2018
Carnaval
Compartilhar:

Malandros do Morro conquista carnaval tradição

Celina Modesto / 14 de Fevereiro de 2018
Foto: Assuero Lima
A Escola de Samba Malandros do Morro, do bairro da Torre, venceu em primeiro lugar na categoria do Carnaval Tradição 2018. Também venceram o Clube de Orquestra Piratas de Jaguaribe, a Tribo Indígena Tupi Guarany e a Ala Ursa Urso da Paz também conquistou o primeiro lugar dentre as agremiações de sua categoria. Após a apuração dos votos e anúncio dos vencedores, ocorrido na Avenida Duarte da Silveira, local onde ocorreram os desfiles, as agremiações fizeram festas em seus respectivos bairros.

Este foi o caso da Escola de Samba Malandros do Morro, que conquistou ontem o 26º título no Carnaval Tradição, realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em parceria com a Liga Carnavalesca e Associação dos Ursos Carnavalescos. A festa de comemoração foi na Torre por volta das 18h, com a participação dos 350 integrantes e o público do bairro.

“Trabalhamos desde o ano passado com a produção de fantasias e a criação do samba-enredo, que foi gravado depois do São João. Começamos a costurar as fantasias desde setembro e terminamos agora no Carnaval. Deu certo na Avenida. Desfilamos às 23h15, mas nosso público fiel assistiu ao desfile. Nosso tema neste ano foi ‘A Malandros do Morro vira o jogo’ e realmente viramos. Estamos muito felizes com o resultado porque apostamos na sorte, demos cheque-mate na Avenida e fomos recompensados”, comentou o Mestre Romero, presidente da Escola de Samba. Em segundo lugar ficou a Escola Unidos do Roger, seguida da Independentes de Mandacaru.

A PMJP investiu, por meio do Fundo Municipal de Cultura (FMC), R$ 410 mil no Carnaval Tradição, beneficiando 42 agremiações. Além disso, garantiu uma premiação em dinheiro para os três primeiros colocados de cada categoria (Escola de Samba, Tribo Indígena, Clube de Frevo e Ala Ursa), no valor de R$ 10 mil para cada uma do grupo A, sendo R$ 5 mil para o primeiro lugar; R$ 3 mil para o segundo colocado e R$ 2 mil para o terceiro. No total, a PMJP distribuiu R$ 40.000,00 entre os vencedores.

 

A Tupy Guarani ficou em primeiro. Os 104 integrantes desfilaram com o tema ‘Guerra Indígena’, tendo nos adereços machados, facões, caçuás, podeques, balaios, cocás e índias trabalhando. A Tribo Africanos conquistou o segundo lugar e em terceiro ficou a Tribo Tabajaras.

Clube de Frevo

O Piratas de Jaguaribe conquistou o primeiro lugar no Grupo A. O Ciganos do Esplanada a segunda colocação e Os 25 Bichos o terceira. "Colocamos 128 pessoas na avenida, que vieram brincar por livre e espontânea vontade”, disse o presidente do Piratas de Jaguaribe, Adson Flávio.

O Clube Adolescente e Criança Feliz ficou em último lugar, com isso vai disputar no Grupo B no próximo ano. No Grupo B, o primeiro lugar ficou com Clube de Frevo São Rafael, que passa a disputar no Grupo A em 2019. Em segundo ficou A Corda do Frevo e em terceiro Alegria do Frevo.

Ala Ursas

O título foi disputado ponto a ponto. No critério de desempate, o item ‘cabeça do urso’ fez a diferença. O Urso da Paz ficou em primeiro. Em seguida veio o Urso Jamaica e em terceiro Urso Panda. O Urso Sem lenço Sem Documento foi desclassificado por não apresentar o envelope lacrado no momento da apuração, violando, com isso, uma das regras da apuração.

Relacionadas