segunda, 18 de dezembro de 2017
Segurança
Compartilhar:

Paraíba tem apenas um policial militar para 423 habitantes

Nice Almeida / 26 de agosto de 2015
Foto: Arquivo
O déficit de policiais militares e civis na Paraíba sempre foi questionado por algumas autoridades que liberavam números contraditórios. Mas agora existem dados que comprovam a existência de um baixo contingente para fazer a segurança dos cidadãos paraibanos. De acordo com as pesquisas de Informações Básicas Estaduais (Estadic) e Municipais (Munic), divulgadas nesta quarta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o Estado tem apenas um policial militar para 423 habitantes.

Isso faz com que a proporção paraibana fique abaixo da nordestina - que é de um PM para 510 pessoas - e do Brasil -  um policial para 473. E, no Nordeste, o Estado fica atrás apenas do Rio Grande do Norte, onde o levantamento identificou a existência de um PM para 378 moradores.

Ao todo, conforme a pesquisa, o efetivo da Polícia Militar da Paraíba conta com 9.263 policiais, sendo 8.563 homens e 700 mulheres. A Polícia Militar atua como polícia ostensiva e na preservação da ordem pública e constitui, ao lado do Corpo de Bombeiros Militar, força auxiliar e reserva do Exército.

Mesmo com um contingente abaixo das médias regional e nacional, a Paraíba respondeu ao IBGE, durante a pesquisa, que não há no Estado um plano de distribuição regional do efetivo ativo da Polícia Militar. Além da Paraíba, disseram não possuir esse plano os Estados do Rio Grande do Norte e Mato Grosso.

Polícia Civil

Com relação a Polícia Civil a situação é ainda mais grave. Segundo o IBGE, a Paraíba tem apenas um policial para 2.172 habitantes. A média do Nordeste é de um policial civil para 2.228 pessoas e a do Brasil é de um para 1.709 moradores.

A Polícia Civil exerce a função de polícia judiciária, sendo, portanto, responsável pela apuração das infrações penais no âmbito dos estados.

Leia mais sobre a pesquisa no jornal Correio da Paraíba de amanhã

Relacionadas