terça, 17 de outubro de 2017
Política
Compartilhar:

TCE vai analisar “excesso” de aditivos no Governo do Estado

Adriana Rodrigues / 28 de agosto de 2015
Foto: Arquivo
Levantamento da 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) verificou que no período de 2010 a 2015 foram registrados 409 aditivos em 129 contratos de obras para reforma e construção de escolas pelo Governo da Paraíba.

O conselheiro Fernando Catão, relator das contas do governador Ricardo Coutinho (PSB) no ano de 2015, pediu providências ao Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para analisar o excesso de aditivos registrados em 129 contratos de reforma e manutenção de escolas públicas executados pela Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan).

Com base em levantamento feito pela Secretaria da 1ª Câmara do TCE, no período de 2010 a 2015, foram contabilizados 409 aditivos nesses contratos, orçados, inicialmente, em R$ 110,5 milhões, que geraram 31 processos no referido órgão. Há contratos, com mais de 10 aditivos.

A preocupação do relator, além que vem sendo gasto com os aditivos, é com o que está sendo feito de fato nas escolas estaduais. Segundo ele, muitas delas não possuem nem banheiros para os alunos.

A Suplan disse que a superintendente Simone Guimarães vai aguardar a notificação para se pronunciar.

Relacionadas