quarta, 22 de novembro de 2017
Política
Compartilhar:

Renan Palmeira se filia ao PT e chama de ataque à democracia ações contra o partido

Alexandre Kito / 18 de março de 2016
Foto: Raniery Soares
Em um momento onde a história política do Partido dos Trabalhadores vem sendo questionada pelos inúmeros casos de corrupção denunciados desde a explosão do mensalão, a filiação de Renan Palmeira, nesta sexta-feira (18), foi praticamente uma demonstração contrária a decisão de muitos políticos, que fizeram o caminho inverso e deixaram o PT para disputar as eleições municipais em uma nova legenda. O próprio Renan admitiu que ingressar no partido nesse momento é um verdadeiro ato de coragem.

"A destruição que esta sendo orquestrada ao PT é um ataque à democracia. Por isso, passo a integrar o partido com tranquilidade, pois minha história sempre foi de luta.

A solenidade de filiação foi uma demonstração de que o partido na Paraíba tem se preocupado em resgatar as bases que deram origem ao PT, que são os movimentos sociais e sindicais. Renan destacou que a conjuntura tem exigido coragem por parte dos integrantes, devido ao momento de ataque à sigla. Ele tem pretensões de disputar uma vaga na Câmara Municipal de João Pessoa, nas eleições deste ano, e afirmou que apesar do momento difícil faz a transição para o PT com tranquilidade e maturidade. Renan recentemente deixou o PSOL.

A Executiva do PT sofre com a crise da legenda na própria Capital. No ano passado, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, juntamente com os vereadores Benilton Lucena e Bira, abandonou o partido para ingressar ao PSD. Todos alegaram os escândalos de corrupção que envolvem alguns integrantes da Executiva Nacional petista. O deputado Anísio Maia (PT) parabenizou a chegada de Renan Palmeira e frisou que para se filiar no PT, atualmente, é necessária uma base ideológica muito forte para suportar as dificuldades do cenário político atual.

Renan Palmeira foi candidato a prefeito de João Pessoa, nas eleições de 2012, e disputou contra o PT, que teve como candidato vitorioso Luciano Cartaxo. Renan ressaltou que o partido tem feito uma autocrítica sobre a gestão anterior, devido à necessidade que a sigla tem de repensar as bandeiras históricas. Durante a filiação, ele recebeu as boas vindas da Executiva Estadual e Municipal, do vereador Fuba, Anísio Maia e representantes dos movimentos sociais e sindicais no Estado. O presidente estadual Charliton Machado, destacou a importância de Renan Palmeira, pois ele é uma grande defensor dos direitos humanos e LGBT.

 

Relacionadas