sábado, 19 de agosto de 2017
Política
Compartilhar:

PMDB bate o martelo dia 30 sobre novo presidente do partido em João Pessoa

Nice Almeida / 18 de agosto de 2015
Foto: Assuero Lima
A briga sobre quem assume, ou não, a presidência do PMDB de João Pessoa acabará no próximo dia 30, quando o diretório se reúne para escolher o novo comandante da legenda. Com a eleição, o partido pretende, também, colocar um ponto final no impasse gerado entre o atual presidente, o deputado federal Manoel Junior, e o deputado estadual Gervásio Maia.

Maia garantia já ter sido escolhido, em um sistema de rodízio, para os próximos dois anos a frente do PMDB pessoense. Contudo, Manoel Junior argumentou que não existia essa rotatividade e colocou a escolha para os integrantes do diretório que tomarão a decisão durante a eleição.

"Dia 30, na Asplan, em João Pessoa, vamos estar renovando o diretório do PMDB municipal o tornando apto para enfrentar as eleições 2016. Vamos fazer dentro do rito legal determinado pela Executiva Nacional e Estadual. Temos a convenção, vamos apresentar a chapa e o diretório que vai decidir a futura condição do partido", declarou Manoel Junior.

O parlamentar assegurou que não concorrerá à reeleição. "A minha intenção é fazer aquilo que me comprometi, participar da vida do partido nos dois anos e vou procurar encaminhar a eleição de forma democrática e com a escolha de alguém que possa conduzir o partido na direção daquilo que já foi definido com candidatura própria em João Pessoa nas eleições de 2016", afirmou.

Sobre o impasse com Gervásio, ele enfatizou que "Gervásio tem o direito de participar da convenção e, se a maioria decidir, não tem dificuldade. Mas para isso precisa ter voto".

cidadão extremamente desinformado além de trucuklento no que ele diz primeiro que não tenho cargo dizer a ele que no meu mandato venho dando sustenção ao governo esse mesmo que se deteriorou pela ação de membros e correligiona´rios desse cidadão apoios cunha porque ele é do meu partido continuamos na base do governo mas a relação política federal com o congresso é ruim dilma não tem tido sorte e nemc ondução nesse provcesso e não pode ser responsabilizado um membro do nosso partido

Relacionadas