quarta, 20 de junho de 2018
Política
Compartilhar:

Oito pré-candidatos movimentam a sucessão municipal em Conde

Adelson Barbosa dos Santos / 29 de junho de 2016
Foto: Divulgação
Enquanto as mídias sociais destacam e os meios de comunicação dão amplo destaque para a sucessão municipal em João Pessoa, a pré-campanha movimenta os municípios da Região Metropolitana. Em Conde, a 26 quilômetros da Capital (pela BR 101), oito nomes movimentam a política local. A polarização está entre um casal que já foi marido e mulher. De um lado, está a prefeita Tatiana Correia (PT do B). Do outro, está ex-refeito Aluizio Régis (PMDB), ex-marido de Tatiana.

Os dois são ferrenhos adversários, apesar dos laços familiares. Aluizio tem criticado o descaso da gestão municipal e acusa da atual de prefeito de ser um desastre como gestora. “Outro dia, o Correio da Paraíba fez uma reportagem sobre o lixo na cidade de Santa Rita. Isso porque o repórter que escreveu o texto não foi ao Conde ver as montanhas de lixo existentes”, disse o ex-prefeito. Tatiana devolve os ataques. Para ela, o ex-marido teve todas as condições de resolver as mazelas enfrentadas pela população e não resolveu.

Enquanto Tatiana briga com Aluizio, outros seis pretensos candidatos se articulam na disputa pela Prefeitura de Conde, que somente em 2015 recebeu R$ 24.796.142,73 em recursos federais, sendo a maior parte, mais de R$ 11 milhões, do Fundo de Participação, segundo o Portal da Transparência.

Além de Tatiana e Aluízio, estão na disputa a professora Márcia Lucena (PSB), que ontem deixou a presidência da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rêgo (Funesc); a vice-prefeita Sandra Ribeiro, filha do ex-prefeito Temístocles Ribeiro; o comerciante Júnior Rodrigues (DEM); o vereador Naldo Cell (PT); o quase pastor Edinho Mendes (PRB); e Marilene do Cartório (PSC), esposa do ex-vereador Léo (PSC).

Relacionadas