Acesso

Política
Compartilhar:

MPPB define lista tríplice e agora é com o governador

Adriana Rodrigues / 30 de julho de 2015
Foto: Rafael Passos
O procurador-geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora foi o candidato mais votado, ontem, na disputa da lista tríplice para o cargo de chefe do Ministério Público da Paraíba (MPPB) para o biênio 2015/2017. Ele obteve 133 votos e encabeça a lista, na qual também figuram os promotores Adrio Nobre Leite, com 113 votos, e Carlos Romero Lauria Paulo Neto, com 109 votos.

A lista tríplice com os nomes dos três candidatos mais votados foi encaminhada pelo presidente da Comissão Eleitoral, procurador Doreil Veloso, ao procurador-geral Justiça em exercício, Nelson Lemos, logo após a proclamação do resultado, que terá um prazo de três dias para encaminhar ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

Ricardo Coutinho terá o prazo de 15 dias, a partir do recebimento da lista, para escolher livremente o chefe do MPPB da nova gestão. Se dentro deste prazo, por ventura não fizer, o novo procurador-geral será o mais votado da lista. No entanto, tudo indica que Bertrand Afostra deverá ser reconduzido ao cargo, porque o governador, nas últimas duas eleições para o cargo que teve a incumbência da escolha, decidiu pela escolha do mais votado da lista. Como também há um movimento dentro da instituição em defesa da nomeação do candidato que obteve maior votação, esse deve deve ser o trâmite nos próximos dias.

A eleição, que ocorreu das 8h às 16h. A apuração dos votos teve início no mesmo local da votação, assim que foi encerrada. Em menos de hora, a Comissão Eleitoral, proclamou o resultado oficial do pleito.

Relacionadas