sábado, 22 de setembro de 2018
Política
Compartilhar:

Maioria da bancada federal da Paraíba decide pelo apoio ao impeachment

André Gomes / 13 de abril de 2016
Os deputados federais paraibanos Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), Rômulo Gouveia (PSD), Hugo Motta (PMDB)e Wilson Filho (PTB) anunciaram seus posicionamentos, nesta quarta-feira (13), sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Todos irão votar favorável ao afastamento da chefe do Poder Executivo no próximo domingo, quando o plenário da Câmara dos Deputados apreciará a decisão da Comissão Especial pelo impeachment.

Os deputados Veneziano, Rômulo e Wilson Filho, que se colocavam como defensores da presidente Dilma divulgaram notas justificando a mudança de opinião. Veneziano disse que a decisão foi tomada observando que o país vive um momento para o qual se precisa agir com responsabilidade política, convencimento jurídico e compromisso público. “Com base nisso decidimos por acompanhar a decisão do meu partido e votar a favor do relatório apresentado pelo deputado federal Jovair Arantes”, disse

Segundo Rômulo Gouveia, a decisão pró-impeachment foi tomada depois de ouvir amigos, aliados e ver membros do meu partido acompanhar a decisão de impedimento da presidente, entendi que devo fazer o mesmo. Já Wilson Filho disse que após ouvir as bases ficou definido que em decorrência dos sucessivos escândalos e da crise econômica e política não existe possibilidade da presidente continuar no poder.

Com essas definições dos quatro deputados, a bancada paraibana passa a contar com nove votos a favor do afastamento da presidente, contra apenas dois, Luiz Couto (PT) e Damião Feliciano (PDT), que são favoráveis a permanência de Dilma no comando do país. Já o deputado Wellington Roberto (PR) continua sem um posicionamento definido sobre o processo.

Os outros deputados paraibanos favoráveis ao impeachment são: Aguinaldo Ribeiro (PP), Benjamin Maranhão (SD), Manoel Junior (PMDB), Pedro Cunha Lima (PSDB) e Efraim Filho (DEM).

Relacionadas