quinta, 22 de fevereiro de 2018
Impeachment
Compartilhar:

Governo tem minoria na comissão do Senado que irá analisar pedido de impeachment

Folhapress De Nova York / 23 de Abril de 2016
Foto: Divulgação
Os seis blocos partidários do Senado oficializaram ontem as indicações para a Comissão Especial do Impeachment da presidente Dilma Rousseff, que deverá ser instalada na segunda-feira. Em ampla desvantagem, o governo conta com apenas cinco votos favoráveis entre os 21 titulares do colegiado.

Por ser o maior bloco na Casa, coube ao PMDB a indicação da presidência do colegiado. O líder do partido, Eunício Oliveira (CE), designou o senador Raimundo Lira (PB) para o cargo.

Ao PSDB, bloco com a segunda maior bancada, coube a indicação para a relatoria da comissão. Aliado do presidente do partido, senador Aécio Neves (MG), Antonio Anastasia (MG) foi o designado do líder tucano, Cássio Cunha Lima (PB), apesar dos protestos dos governistas que não aceitam alguém diretamente interessado no resultado do processo.

Leia Mais

Relacionadas