Acesso

Política
Compartilhar:

Ricardo critica protesto do MST e caos provocado na PB

Nice Almeida / 24 de agosto de 2015
Foto: Arquivo
O governador Ricardo Coutinho (PSB) criticou, nesta segunda-feira (24), a forma como o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) protestaram interditando vários trechos de BRs na Paraíba provocando caos no trânsito e tumultuando o dia dos motoristas. O Chefe do Executivo Estadual se manifestou a respeito porque lideranças do MST cobraram ser recebidos por ele.

"Para ter audiência não precisa bloquear. Ao bloquear impede-se uma ambulância de passar com um doente, um caminhoneiro que viajou dez ou doze horas seguidas para poder cumprir um contrato, impede-se as pessoas de chegar ao seu trabalho. Não tem justificativa para um setor que sempre teve as portas abertas comigo", argumentou Ricardo Coutinho.

O governador também deixou claro que as responsabilidades para com o movimento são do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e, portanto, do Governo Federal. "As Várzeas de Sousa é com o Incra, ou seja, o Governo Federal é que tem que colocar dinheiro, porque um estado como a Paraíba, pequeno como o nosso, não pode está simplesmente assumindo tudo que é do Governo Federal", enfatizou.

Ricardo Coutinho pediu para que os líderes do MST mantivessem a calma para que a população não venha a pagar por erros do governo. "Vamos ter calma com as coisas e não atrapalhar a vida das pessoas para não fazer as pessoas pagar por um preço que nem pertence ao Estado. Portanto, vamos agir de uma forma civilizada", finalizou.

Relacionadas