domingo, 19 de novembro de 2017
Eleições
Compartilhar:

PTN de Campina Grande promove seminário com pré-candidatos sobre papel do vereador

Assessoria / 04 de abril de 2016
Foto: Divulgação
Um seminário promovido pelo diretório do Partido Trabalhista Nacional (PTN) reuniu no sábado (02), integrantes da legenda, assessores e pré-candidatos para discutir o papel do vereador de acordo com a Constituição Federal e a relevância da atuação dos parlamentares municipais na defesa dos interesses e dos direitos dos cidadãos. O evento teve como palestrante o jornalista e experiente assessor parlamentar Márcio Furtado.

De acordo com o presidente municipal da legenda, o vereador Galego do Leite, os pré-candidatos do PTN estarão se reunindo periodicamente, não apenas com o objetivo de traçar estratégias e metas para o processo eleitoral como, também, buscando a promoção da qualificação dos futuros postulantes a cadeiras da Casa de Félix Araújo. Por isso, outros seminários deverão ser realizados, abordando, inclusive, temas específicos do mister legislativo.

“Queremos que os integrantes da nossa sigla desempenhem seu papel de forma consciente, de modo que aqueles que chegarem ao parlamento já tomem posse com uma boa consciência da missão, das atribuições e responsabilidades de um vereador”, disse Galego. “Além disso, mesmo aqueles que não vierem a se eleger, ou até quem não sair candidato, todos poderão compreender melhor também a importância do engajamento político e da atividade partidária”, completou.

Eleições 2016

O prazo para filiação partidária para aqueles que pretendem disputar as eleições de outubro terminou neste sábado. Galego do Leite revelou que esteve empenhado em reunir nomes que assegurem uma participação expressiva do Partido Trabalhista Nacional no pleito de Campina Grande, mas explicou que a lista de pré-candidatos da legenda será divulgada apenas posteriormente.

“Estaremos com um grupo forte de candidatos e esperamos confirmar uma boa representação na Câmara Municipal. No entanto, apesar de termos vencido mais uma etapa do calendário eleitoral, acredito que o momento é de trabalho interno no ambiente partidário, deixando a campanha para quando a campanha chegar e as demais definições necessárias também para o momento devido”, asseverou Galego, que confirmou estar, nesse instante, focado no exercício do mandato que os campinenses o conferiram em 2012.

Relacionadas