quinta, 24 de maio de 2018
Eleições
Compartilhar:

Políticos desrepeitam justiça e lixo se acumula na porta dos locais de votação

Nice Almeida com informações de Bruna Vieira / 02 de outubro de 2016
Foto: Nalva Figueiredo
A determinação da Justiça Eleitoral de que material de campanha não poderia ser 'depositado' nos locais de votação não foi respeitada neste domingo das eleições em João Pessoa. Em várias escolas o que se vê é muito lixo. Santinhos foram jogados durante a madrugada.

Nos colégios José Lins do Rêgo, no bairro do Cristo Redentor, na Analice Caldas, em Jaguaribe, na Ministro José Américo de Almeida, no bairro de mesmo nome e no Liceu Paraibano, muito material foi despejado nas calçadas, na tentativa de alguns candidatos de conseguir fazer com que os eleitores fixem seus nomes e números na última hora.

Já o trânsito está tranquilo nesse começo de manhã e não há grande movimentação. Mas, muita gente já está na fila esperando a hora de votar. Cristiane Gisele dos Santos, foi a primeira a chegar no Lyceu Paraibano, e espera que os candidatos eleitos tragam melhorias para João Pessoa. "Se melhorar a saúde, já diz tudo. Porque o mais importante para a população é isso. Moro em Bayeux, mas, trabalho na capital. Poderia apenas justificar, só que pra mim é muito importante votar, poder decidir o futuro da cidade. Cheguei às 6h40, serei a primeira, a votação é rápida. Meu marido e minha filha não votam aqui, porém, vieram me acompanhar. Ela está juntando os santinhos dos candidatos, disse que é para limpar. Por onde passamos tem muita sujeira", contou a auxiliar de serviços gerais.

Antônio Amorim, de 65 anos, foi um dos primeiros a chegar ao local de votação e não gostou da sujeira. "Não deveriam jogar tanto papel. Os candidatos dizem que vão cuidar da cidade e já começam sujando. Vim votar logo cedo para ficar livre o resto do dia. Mais tarde é mais complicado, tem mais fila. A obrigação do eleitor é votar e esperar que melhore", disse.


Relacionadas