quarta, 26 de setembro de 2018
Eleições
Compartilhar:

PMDB com o pé na vice do PSD em João Pessoa

Adriana Rodrigues / 12 de julho de 2016
Foto: Divulgação
O anúncio do acórdão que pode tornar o deputado federal Manoel Júnior, pré-candidato a prefeito de João Pessoa pelo PMDB, vice na chapa do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) deve ocorrer esta semana, apesar do parlamentar negar essa possibilidade e anunciar que não abre mão da candidatura.

Dirigentes do PSD, PSDB e PMDB afirmam que há conversa sobre essa aliança, com vista ao pleito de 2016 e repercussão em 2018, quando o atual prefeito, se reeleito, deverá deixar o cargo para o vice e entrar na disputa por uma vaga no Congresso Nacional ou até mesmo pelo Palácio da Redenção.

Manoel Junior tem evitado falar com a imprensa, e segundo sua assessoria ele está numa agenda pessoal com a família, por isso não tem atendido, mas segue com o projeto de candidatura, mantendo conversas com várias lideranças, entre elas o deputado federal Wilson Filho, pré-candidato a prefeito pelo PTB.

O presidente do PSD em João Pessoa, Lucélio Cartaxo, ressaltou que vem dialogando com diversos partidos, entre eles o PMDB e o PSDB, de forma franca, aberta e sem impor condições, mas em torno da agenda de trabalho para Capital. Segundo ele, o partido respeita a posição do PMDB, de ter candidatura própria e independência, mas essa questão não tem impedido o dialogo.

Em relação ao PSDB, Lucélio ressaltou que além do partido já ter externado que não terá candidatura própria a prefeito em João Pessoa, os três vereadores tucanos (Marcos Vinicius, Eliza Virgínia e Dr. Luís Flávio) estão desde o início da gestão na base aliada de Cartaxo. Segundo ele, o prazo para deliberação depende de cada partido, dentro do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral, para realização das convenções partidárias, que vai de 20 de julho para 5 de agosto.

Relacionadas