quarta, 26 de setembro de 2018
Eleições
Compartilhar:

O que os candidatos pretendem para a saúde?

Alyf Santos / 08 de setembro de 2016
Foto: Ilustração Correio/José Flávio
Durante esta semana o Correio Online está mostrando propostas dos candidatos a prefeitos de João Pessoa e Campina Grande. Nesta quinta-feira (08) o assunto é saúde.  Os governos municipais passaram nestes últimos anos uma crise na saúde pública e os candidatos pretendem solucionar os problemas usando estratégias para reestruturar ou até mesmo construir novas formas de desafogar as necessidades atuais. Unidades de Saúde da Família, criações de novas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e construções de hospitais estão nos planos dos candidatos.

Campina Grande

Adriano Galdino (PSB) – Implantar mais duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24h de Porte I (50.000 habitantes), em parceria com o Governo Federal; Atingir 100% de Cobertura do PACS – Programa de Agentes Comunitários de Saúde (704 ACS’s). Atualmente, Campina Grande tem cobertura de 83,32% com 587 ACS’s; Retomar o processo de reorganização administrativa da Secretaria de Saúde e do Fundo Municipal de Saúde; Construir o Hospital Veterinário Público de Campina Grande.

Artur Bolinha (PPS) – Criar o Fórum Permanente de Gestão em Saúde, para auxílio ao Plano Municipal de Saúde e capacitação em gestão dos diversos profissionais em saúde da cidade; Criar Divisão de Pesquisa em Saúde para elaboração de estudos e estatísticas sobre a saúde; Apoiar o Centro de Reabilitação do Acidentado, aproveitando estrutura física já existente; Implantar PSF de nível 2, em horário integral, agregando bairros segundo critérios de ponderação do IBGE.

David Lobão (PSOL) – Elaboração de uma política salarial que garanta a valorização, boas condições de trabalho e formação profissional; Criação de um fórum permanente de debate e de definição da política de saúde; amplo debate sobre a saúde do idoso, criando um fórum especifico cujo objetivo é implantar uma política de saúde para o idoso; Cumprimento da Emenda Constitucional nº 29 no que tange ao percentual mínimo de responsabilidade do município no financiamento da saúde.

Romero Rodrigues (PSDB) – Ampliar o espaço do Ambulatório Especializado em Microcefalia no Hospital Municipal Pedro I para garantir novos serviços especializados para as crianças com Microcefalia e outras patologias advindas do Zica Vírus; Ampliar a oferta de especialidades e profissionais no serviço do Hospital Pedro I; Inserir a chipagem para animais de pequeno porte no Programa de Cadastro Geral de Animais; Instalar Um Laboratório Municipal de Análises Clinicas; Criar uma Escola de Educação Permanente do SUS.

Veneziano (PMDB) – Ampliação da Estratégia de Agente Comunitário de Saúde para áreas descobertas e novas áreas; Realização de concurso público para Estratégia Saúde da Família/Estratégia de Agente Comunitário de Saúde/Estratégia de Saúde Bucal; Garantia de abastecimento da medicação da rede básica de saúde; Ampliação do CAPS III para processo de desintoxicação para dependentes químicos, buscando parcerias privadas; Reestruturação do consultório na rua; Garantia da assistência farmacêutica no âmbito do SUS; Reestruturação dos CEOS; Promover formação técnica e cursos de aperfeiçoamento para profissionais ACS.

Walter Brito Neto (PEN) – Parceria com as universidades locais para a realização de qualificação especifica para os profissionais de saúde que sirva como bônus salarial; Ampliação para ingresso de estagiários das diversas áreas de saúde para auxilio dos profissionais com cargo efetivo; Aumento do número de atendimentos, cirurgias, exames e consultas; Criar Programa de tratamento e recuperação de dependentes químicos com estrutura de internação.

João Pessoa

Cida Ramos (PSB) – Rede de cuidados em saúde: ampliação da cobertura, qualidade e acolhimento; Vigilância em saúde: práticas de atenção e controle; Humanização, bem-estar e qualidade no atendimento; Regulação assistencial e eficácia do cuidado; Cuidar de quem cuida: valorização, qualificação e diálogo permanente com os profissionais de saúde.

Luciano Cartaxo (PSD) – Apesar dos investimentos na área da saúde, ainda há muito que se realizar e desafios a superar, diz a proposta do candidato. Pensando nisso, será estruturada a UPA Especialidade, dedicada exclusivamente ao atendimento em trauma. A prevenção também será ampliada, bem como o suporte às mães pessoenses. A Casa Mamãe Bebê, destinada a acolher mães com filhos internados no Hospital Cândida Vargas, é apresentada como outra prioridade.

Professor Charliton (PT) – Realizar estudo de necessidades, critérios de admissão e realizar concurso público com vagas em todas as USF. Uma ação que visa abranger de início a categoria médica e se estenda a todas as outras funções públicas; Construção do Hospital da mulher e da Casa do Parto Normal; Melhoria na gestão da saúde, buscando mais eficiência e eficácia, o fortalecimento do atendimento em rede e o controle social; Melhoria na gestão da saúde, buscando mais eficiência e eficácia, o fortalecimento do atendimento em rede e o controle social.

Victor Hugo (PSOL) – Fortalecimento da atenção básica com descentralização de equipes de saúde que estão distantes de seus territórios; Melhoria do Acolhimento aos usuários levando em consideração o respeito às suas condições sociais, sem discriminação de gênero, raça/etnia e sexualidade; Criar o programa Consultório na Rua no em João Pessoa, promovendo estratégias de real integração dessas equipes às equipes de USF, e a articulação de rede com equipes da RAPS, serviços de especialidades, serviços de Urgência e Emergência, e serviços da Assistência Social.

Relacionadas