segunda, 19 de fevereiro de 2018
Eleições
Compartilhar:

Nonato Bandeira recomenda rompimento com Luciano Cartaxo

Redação com assessoria / 11 de Abril de 2016
Foto: Nice Almeida
O vice-prefeito de João Pessoa e presidente estadual do PPS, Nonato Bandeira, recomendou ao partido que rompa com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD). O fim do mistério sobre a continuidade da aliança ocorreu nesta segunda-feira (11) quando ele tornou público documento que enviou para os filiados no município, que vão decidir na próxima quinta-feira quem devem apoiar nas eleições do próximo dia 2 de outubro. Nonato fez uma avaliação geral da atual gestão e defendeu abertamente que o partido não apoie a reeleição do atual  gestor.

"A aliança que fizemos com Luciano Cartaxo à época, até por ter o apoio decisivo do saudoso ex-prefeito Luciano Agra, previa a continuidade das ações de governo e a inovação administrativa, baseada inclusive no perfil do então candidato que resolvemos apoiar. Passados estes três anos e 3 meses, temos que reconhecer, infelizmente, que muito pouco se avançou, e, em muitos casos, chegamos a retroceder, a exemplo da qualidade dos serviços que estamos prestando à população", afirmou Nonato Bandeira.

De acordo com a avaliação administrativa feita pelo vice-prefeito, a atual gestão produziu "intervenções urbanas atabalhoadas, sem um planejamento ordenado, racional e compatível com as diretrizes orçamentárias, com a eficiência administrativa, a gestão pública de resultados e com a nova política. O resultado são obras paralisadas ou em marcha lenta, que não terminam e causam grandes transtornos para o cidadão. Sem falar naquelas que sequer iniciaram e foram prometidas com o mandato já em curso. Hospital da mulher, BRT, VLT, grandes corredores, padronização das calçadas, Centro Cultural de Mangabeira, novas escolas em tempo integral, solução para a barreira do Cabo Branco, entre outras", lembrou ele.

Relacionadas