quarta, 20 de junho de 2018
Eleições
Compartilhar:

Comissão de Direito Eleitoral da OAB-PB firma parceria com Procuradoria Regional

Redação / 15 de junho de 2016
Foto: Assessoria
A Comissão de Direito Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Paraíba (OAB-PB), representada pelo presidente, Manolys Marcelino e pelos membros José Samarony e Adriana Rodrigues, se reuniu na tarde desta terça-feira (14), com o procurador regional eleitoral, João Bernardo Silva, para apresentar todos os detalhes do projeto de combate ao caixa 2 e propor uma parceria entre o Ministério Público Federal (MPF) e a OAB-PB. 

O projeto, que é um desdobramento do Movimento Eleições Limpas e tem como meta dar espaço para denúncias de campanhas milionárias desproporcional ao valor arrecadado legitimamente de pessoas físicas e repasses de fundo partidário, está sendo acolhido pelo MPF em diversos estados do país e na Paraíba não poderia ser diferente, João Bernardo deixou o canal aberto para que a OAB-PB possa receber as denúncias e encaminhá-las ao MPF para que sejam verificadas e tomadas as devidas providências em relação a cada denúncia de caixa 2. 

“Essa é mais uma ação, mais um momento de resgate da cidadania, da luta pela ética que sempre foi uma bandeira da OAB-PB e que está sendo resgatada na atual gestão,” afirmou Manolys. 

De acordo com o procurador João Bernardo a parceria entre o MPF e a OAB-PB é de grande importância, pois fortalece as instituições e ajuda a sociedade a fiscalizar melhor a aplicação e arrecadação desses recursos.

O lançamento está previsto para o próximo dia 29, com a presença do presidente nacional da OAB, Cláudio Lamchia. O Comitê é um projeto da OAB nacional em parceria com todas as Seccionais do Brasil. O Ministério Público Eleitoral vai atuar de forma decisiva no projeto, com a análise formal das denúncias e as providenciais judiciais cabíveis.

Relacionadas