segunda, 19 de fevereiro de 2018
Eleições
Compartilhar:

Cartaxo acredita em fortalecimento com Manoel Jr.

Redação com assessoria / 22 de julho de 2016
Foto: Arquivo
O prefeito Luciano Cartaxo (PSD), pré-candidato à reeleição em João Pessoa, acredita que o apoio do deputado federal Manoel Junior (PMDB) vai fortalecer a sua postulação. Isso foi deixado bem claro por Cartaxo em nota enviada à imprensa nesta sexta-feira (22), logo após a coletiva do parlamentar onde foi anunciada a sua desistência de concorrer ao cargo e o seu apoio ao PSD.

“A decisão do deputado Manoel Jr. e do PMDB reforça a escolha por uma frente de partidos que constrói soluções de forma coletiva, com diálogo e respeito, pensando em um objetivo maior, que é o compromisso com as pessoas e com a nossa cidade”, disse.

O gestor ressaltou que o PSD sempre respeitou a pré-candidatura do deputado Manoel Jr., que tomou uma decisão baseada na construção de consensos. “A união deve ser sempre maior do que qualquer diferença, é assim que entendemos a política e a gestão pública. O deputado Manoel Jr. assumiu uma postura madura e propositiva, durante todo o processo, e agora poderá ter uma contribuição decisiva, somando a sua reconhecida experiência e capacidade de articulação na construção do nosso plano de governo”, pontuou.

Cartaxo reafirmou que este será o primeiro passo para o aprofundamento do diálogo com outras lideranças do partido. “O partido possui quadros com trajetória reconhecida em João Pessoa e em todo o Estado. Vamos aprofundar ainda mais este diálogo, convergindo em torno de objetivos programáticos que fortaleçam este projeto de transformação em curso na nossa cidade”, disse.

Diálogo – O prefeito Luciano Cartaxo reforçou que o diálogo também será intensificado com outras siglas, além da base aliada de oito partidos, ressaltando a importância do trabalho coletivo. “O povo sabe reconhecer quem representa um projeto coletivo, que se move e se motiva por objetivos e metas traçados a partir do interesse público. Existe um projeto que aponta para a mudança que segue em frente. Os que se estimulam apenas por meros interesses pessoais, individuais, estão perdendo espaço na política e na gestão pública. A nossa democracia exige espírito público, dedicação, respeito e muito diálogo”, ressaltou.

 

Relacionadas