domingo, 18 de fevereiro de 2018
Eleições
Compartilhar:

Grande movimento, reclamações e lixo em Santa Rita

André Luiz Maia / 02 de outubro de 2016
Foto: Raniery Soares
A eleição em Santa Rita este ano tem um tempero a mais. Por conta da sucessão de desencontros, denúncias e processos judiciais, a vida política da cidade está em pleno estado de ebulição. A equipe do Correio Online andou pelas ruas do município e encontrou muita gente nas ruas, muito lixo espalhado e, claro, insatisfação.

Informações repassadas no meio da manhã davam conta de atraso na votação na Escola Estadual Maria Honorina Santiago devido a um problema no sistema de reconhecimento biométrico. No entanto, nossa equipe encontrou uma situação de normalidade no local, apenas com uma fila maior que o padrão na seção 354, em que a média de espera era de 20 minutos.

No centro da cidade, próximo à prefeitura, vários cidadãos que tiraram a manhã para exercer seu direito ao voto se concentravam na Praça João Pessoa. Nos discursos, algo em comum: tudo precisa mudar. “Se a população realmente tiver consciência do que está acontecendo, não reelege nenhum dos 19 vereadores da cidade”, disparou uma funcionária pública da prefeitura, que pediu para não ter a identidade revelada.

santarita1

Quem concorda com o pensamento é a funcionária aposentada Josiane Pereira, de 55 anos, que não recebe salário há três meses. “Tem que dar oportunidade a quem ainda não se elegeu, porque quem já tá aí e não fez nada não merece meu voto”, critica. Uma estudante, que também preferiu não revelar a identidade relata que as ruas da cidade estão cheias de lixo e a situação piora ainda mais na periferia. “Tem ruas completamente bloqueadas pelo lixo, uma forma da população protestar também”, analisa.

Relacionadas