Acesso

Política
Compartilhar:

Crise deve comprometer o orçamento do Estado em 2016

André Gomes / 26 de agosto de 2015
Foto: ALPB
Diante do cenário de crise instalado no Brasil e depois de atitudes adotadas pelo Governo Federal que suspenderam os empréstimos para Estados e municípios, além das previsões negativas da presidente Dilma Rousseff (PT) para a economia do próximo ano, o governo da Paraíba mantém cautela na montagem da Lei Orçamentária Anual (LOA), que deve prevê orçamento de R$ 10,5 bilhões baseada em um possível crescimento de 6% da economia em 2016.

De acordo com o secretário de Estado do Planejamento, Orçamento, Gestão e Finanças, Tárcio Pessoa, o momento requer cuidado e cautela já que as arrecadações estão cada vez mais baixas. "Estamos observando as situações que estão sendo formadas e, com base nisso, trabalhando com muita cautela o próximo ano", destacou.

Além da LOA, também será enviada à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) o Plano Plurianual (PPA) para os próximos quatro anos. Segundo o relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e também o possível relator da LDO e PPA, Buba Germano (PSB), as peças estão sendo montadas com base na realidade. "Diante dessa crise estamos trabalhando junto com o governo para montar uma peça mais próxima da realidade", destacou.

O secretário Tárcio Pessoa entregará a LOA e o PPA para a apreciação da Assembleia Legislativa no final do mês.

Relacionadas