Acesso

Política
Compartilhar:

Briga por candidatura provoca ‘debandada’ nos partidos e movimenta Câmara de JP

Adelson Barbosa / 14 de agosto de 2015
Foto: Arquivo
O prazo final para filiações é até 2 de outubro e, pelo menos, oito vereadores já deixaram ou vão deixar seus partidos e vão ingressar em novas legendas. Cada com sua razão, a qual consideram justas para deixar as atuais bandeiras.

Sérgio da Sac foi expulso do PSL, do deputado Tião Gomes, e espera que o prefeito Luciano Cartaxo (PT) diga para onde ele deve ir. Provavelmente, Sérgio se filiará ao PT. Edson Cruz recebeu convites do PT e do PTC. É mais provável que ingresse no PT, também a pedido do prefeito Luciano Cartaxo. Edson Cruz já abandonou o PP.

Eleito pelo PDT com a maior votação entre os 27 vereadores da Capital, Raoni Mendes sonha ser prefeito, e sabe que não tem espaço no partido para aventurar uma candidatura. Por isso, já decidiu: vai abandonar a legenda, que é presidida no Estado pelo deputado federal Damião Feliciano, marido da vice-governadora Lígia Feliciano. Segundo Raoni, Damião é dono do PDT e não permitiria que ele fosse candidato a prefeito.

Leia reportagem completa sobre a debandada nos partidos no Jornal Correio da Paraíba desta sexta-feira

Relacionadas