segunda, 16 de outubro de 2017
Assembléia
Compartilhar:

Deputados aprovam aumento do recesso e terão mais 15 dias de folga

André Gomes / 30 de julho de 2015
Os deputados estaduais paraibanos aprovaram ontem, por maioria, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que aumenta em mais 15 dias o recesso parlamentar do meio do ano que era de 15 dias. A proposta do deputado Ricardo Barbosa (PSB) foi votada em dois turnos e com o consenso de 34 dos 36 parlamentares com assento na Casa de Epitácio Pessoa.

A PEC foi incluída na ordem do dia pelo presidente Adriano Galdino (PSB) atendendo a um pedido do autor da proposta que vai se ausentar por uns dias para cumprir agenda de trabalho. Segundo Galdino, o aumento dos dias de folga não vai prejudicar os trabalhos legislativos.

“Precisamos desmistificar uma coisa. O deputado não é só o cidadão que está em plenário. Ele é deputado todos os dias e também fora dessa Casa. Só sabe e só conhece a vida dos parlamentares quem está próximo. A gente não tem privacidade e está presente na vida do povo paraibano, nas bases e comunidades de domingo a domingo”, destacou o presidente.

Ainda explicando o aumento das folgas, Galdino afirmou que nenhum deputado tem um dia sequer de folga porque, segundo ele, a atividade parlamentar é muito efervescente. Ele disse que apesar de não estarem em plenário, estão trabalhando.

“Não queiram comparar o trabalho de deputado de outro qualquer cidadão que presta seu serviço e depois se recolhe a sua casa e o mundo se fecha para ter a vida particular. O deputado não tem direito a isso”, garantiu.

Os únicos deputados a se posicionarem contra a PEC que aumenta o recesso foram Raniery Paulino (PMDB) e Estela Bezerra (PSB). Raniery deixou o plenário no momento da votação da matéria e a deputada Estela não compareceu à sessão de ontem. Antes ela já havia dito que não a proposta não se justificava e que o período de recesso de 15 dias era ideal.

Relacionadas