quarta, 26 de setembro de 2018
Política
Compartilhar:

Assembleia Legislativa tem dança das cadeiras junina

Alexandre Kito / 22 de junho de 2016
Foto: Divulgação
Apesar do recesso parlamentar, a movimentação política na Assembleia Legislativa não para. Após votação da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) 2017 na Assembleia Legislativa, o relator da matéria, o deputado Buba Germano (PSB), oficializou o pedido de afastamento da Casa por 130 dias, para se dedicar as campanhas nos municípios onde tem bases eleitorais. Com a licença do parlamentar quem retornou ontem foi o suplente Arthur Filho (PRTB). A saída de Buba faz parte de articulação política do PSB para oferecer espaço aos filiados e aliados políticos do partido no Poder Legislativo Estadual e Municipal.

Arthur Filho já assumiu o cargo por duas vezes. A oficialização da licença de Buba Germano foi publicada na edição de ontem do Diário do Poder Legislativo (DPL), enquanto que o retorno de Artur também consta na mesma edição do documento. A posse acontece hoje na Secretaria da Casa. O parlamentar protocolou pedido de licença na Câmara de Cabedelo (onde é vereador) assim que foi confirmada a sua volta para o Legislativo Estadual.

A bancada do PSB na Casa perde dois socialistas que anunciaram afastamento temporário. O próximo a sair será o deputado Ricardo Barbosa, que já declarou que vai ocupar um cargo no Governo do Estado em Brasília. Ele deve ser nomeado até o fim deste mês.

A vaga de Ricardo Barbosa vai ser ocupada pelo vereador Raoni Mendes (DEM), que cede lugar na Câmara Municipal à suplente Sandra Marrocos (PSB).

Buba Germano também vai aproveitar o período afastado para cuidar da saúde. Ontem ele já foi a uma clinica na Capital para iniciar os exames de rotina.

O deputado, que já foi prefeito de Picuí, já havia declarado que a licença também é uma forma de gratidão para beneficiar a suplente de vereadora Sandra Marrocos, pois assim ela terá espaço na tribuna da Câmara Municipal para poder apresentar suas propostas e seu trabalho. Buba Germano alegou ser grato à suplente pelo fato dela ter apoiado a sua candidatura em 2014, quando foi eleito com mais de 29,5 mil votos.

Relacionadas