segunda, 21 de agosto de 2017
Saúde
Compartilhar:

Saúde busca casos de hanseníase nas escolas de 57 municípios da Paraíba

Nice Almeida / 10 de agosto de 2015
Foto: Arquivo
Agentes Comunitários de Saúde e equipes dos Postos de Saúde de 57 municípios paraibanos iniciaram, nesta segunda-feira (10), uma busca pelos casos de hanseníase nas escolas. A Campanha Estadual deverá se estender a 1.070 escolas públicas e 'investigar', pelo menos, 141.303 estudantes na faixa etária de 5 a 14 anos. Além de hanseníase, os estudantes também serão tratados para tracoma e verminose.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, na Paraíba, a hanseníase vem apresentando uma redução no número de pessoas que apresentam a doença. Contudo, ainda com patamares elevados que coloca o Estado no grau de 'Alta Endemicidade'.

Em 2014, foram detectados 581 novos casos da doença na Paraíba. Na população menor de 15 anos houve registro de 28 casos novos. Os dados parciais deste ano já verificam o diagnóstico de 286 novos casos da doença e 19 na população menor de 15 anos de idade.

Durante a campanha, os casos de hanseníase serão avaliados utilizando um formulário denominado ficha de autoimagem, onde os estudantes, junto com os pais ou responsáveis respondem em casa aos questionamentos da ficha e a devolvem para a escola. Essas fichas passarão por uma triagem e os casos com lesões suspeitas de hanseníase serão encaminhadas à unidade de saúde para confirmação diagnóstica e tratamento. Estes formulários serão disponibilizados para cada estudante.

Diante de um diagnóstico positivo de hanseníase, será possível descobrir se há outros casos na família ou comunidade, evitando a transmissão da doença.

 

Relacionadas