Acesso

Paraíba
Compartilhar:

Trinta pessoas foram lesadas por quadrilha acusada de aplicar golpes em bancos

Nice Almeida / 18 de agosto de 2015
A Polícia Federal confirmou, na manhã desta terça-feira (18), durante entrevista coletiva, que trinta pessoas foram lesadas pela quadrilha acusada de aplicar golpes em bancos e desarticulada durante Operação Quimera, desencadeada em conjunto com o Ministério Público Federal, na Paraíba. Calcula-se que o prejuízo provocado nessas instituições vítimas dos criminosos atinge os R$ 2 milhões.

A ação ainda não foi concluída, mas quatro pessoas já foram presas. As investigações começaram no ano passado depois que a polícia recebeu denúncias de pessoas que estavam sendo cobradas por empréstimos que não haviam feito.

Segundo a polícia, a quadrilha criminosa se especializou na prática de estelionato contra instituições financeiras ao obter empréstimos a partir de documentos forjados. Uma das instituições lesadas era a Caixa Econômica Federal.

Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, sendo dois em João Pessoa, dois em Campina Grande e um na cidade de Esperança, além de três mandados de prisão, sendo dois em Campina Grande e um em Esperança, todos expedidos pela 16ª Vara Federal da Seção Judiciária da Paraíba.

Os investigados responderão pelos crimes de Estelionato, Associação Criminosa e Lavagem de Dinheiro. A investigação contou com a colaboração das Delegacias de Defraudações Penais de João Pessoa e Campina Grande.

A reportagem completa no jornal Correio da Paraíba de amanhã

Relacionadas