segunda, 18 de dezembro de 2017
Paraíba
Compartilhar:

No limite da idade: 52 mil idosos têm restrições para realizar atividades básicas diárias na PB

Nice Almeida / 21 de agosto de 2015
Foto: Assuero Lima
Cinquenta e dois mil idosos paraibanos - com 60 anos ou mais de idade - apresentam limitações para realizar atividades básicas do dia a dia como comer, tomar banho, ir ao banheiro, vestir-se, andar em casa de um cômodo para outro no mesmo andar e deitar-se. Esses números colocaram a Paraíba como o 2º Estado do Nordeste com maior proporção de idosos com esse problema (10,2%), perdendo apenas para Alagoas, que apresentou 10,3%.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional de Saúde 2013 (PNS) e foram divulgados nesta sexta-feira (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). E eles revelam que não é apenas com as limitações físicas que essas pessoas precisam conviver. Além de ter que encarar o peso e as restrições trazidas pela idade, elas também enfrentam a falta de ajuda.

A proporção encontrada na Paraíba, pelo IBGE, de idosos que não têm ajuda para realizar suas atividades de vida diárias é de 6,1%. Significa que três mil deles convivem com o abandono. Outros seis mil (12%) recebem cuidados remunerados de alguém e 39 mil ficam com seus familiares, que contribuem nessas tarefas.

133 mil não conseguem realizar atividades instrumentais

O IBGE também investigou as limitações funcionais que as pessoas de 60 anos ou mais de idade enfrentam para realizar, sozinhas, suas atividades instrumentais de vida diária. Vinte e seis por cento dos idosos paraibanos - 133 mil pessoas - possuem limitações para cumprir tarefas como fazer compras, cuidar do próprio dinheiro, tomar seus medicamentos e sair utilizando transporte como ônibus, táxi ou carro.

Os números colocam a Paraíba como o Estado do Nordeste com maior proporção de pessoas que possuíam limitação funcional para exercer suas atividades instrumentais de vida diária. O Rio Grande do Norte está empatado em relação a essa proporção.

104 mil têm vida social ativa

Na contramão dessa realidade estão os idosos com vida social ativa. De acordo com a pesquisa, na Paraíba 104 pessoas (20,3%) com 60 anos ou mais de idade  estão inseridas em grupos que se encontram em clubes, centro de convivência ou grupos comunitários e religiosos.

Catarata

Segundo a PNS, a taxa de pessoas com 60 anos ou mais de idade diagnosticadas com catarata, na Paraíba, é de 28,7%, ou 147 mil pessoas.

Vacina contra a gripe

Nos 12 meses anteriores à PNS 2013, 69,2% das pessoas de 60 anos ou mais de idade tomaram a vacina contra a gripe. Foram 354 mil idosos vacinados.

Leia mais sobre a PNS 2013 no jornal Correio da Paraíba deste sábado

Relacionadas