quinta, 19 de julho de 2018
Paraíba
Compartilhar:

Inmet alerta para ar seco no Sertão da Paraíba

Wênia Bandeira / 27 de agosto de 2016
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou, ontem, um alerta de baixa umidade relativa do ar na região do Sertão paraibano. Segundo o órgão, desde ontem, as condições meteorológicas apontavam para uma queda significativa da quantidade de água na atmosfera, que poderia ficar em 20%, nível considerado ‘perigo potencial’.

O ideal é que a umidade do ar fique em torno de 60%. Abaixo disso, já há desconforto para a saúde humana. O ar seco pode desencadear reações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas, sangramento pelo nariz; ressecamento da pele; irritação dos olhos; eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos e o aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.

A umidade deve chegar a 40% até amanhã, o que é considerado ainda confortável, segundo o gerente executivo de monitoramento e hidrometria da Aesa, Alexandre Magno.

“Algumas cidades já chegaram a 20%, mas por serem locais rurais, não é considerado um fato crítico. Nós teremos momentos mais críticos nos meses de outubro e novembro, quando o tempo estará mais seco”. As cidades de Patos e Sousa, no sertão, e Monteiro e Sumé, no Cariri, são as mais abaladas. “É a parte central da Paraíba, que é sempre muito atingida”.

O gerente da Aesa explicou que quanto mais longe do oceano mais seco é o ar. “No litoral, o vento passa pelo oceano e é umidificado, levando umidade a toda a área, o que não acontece na região central do estado”.

A baixa umidade, segundo Alexandre, pode causar sangramentos nas narinas e lábios, além de um desconforto na respiração. Ele disse que a dica maior é utilizar vaporizadores, mas caso não seja possível, é melhor não se aglomerar em locais fechados.

“É aconselhável que se fique em locais abertos e ventilados. Se não puder, pode ser feito um truque: um balde de água na frente de um ventilador. O ar ficará mais confortável”, disse. Ele afirmou ainda que quanto mais úmido o ar, melhor será para a saúde.

Dicas

▶ Evite praticar exercício físico ao ar livre entre 11h e 15h

▶ Umidifique o ambiente com o uso de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água

▶ Molhe jardins

▶ Se proteja do sol, preferencialmente em áreas vegetadas

▶ Consumir muita água

Relacionadas