terça, 21 de novembro de 2017
Paraíba
Compartilhar:

Conselho Regional defende bons médicos e elenca razões para mau atendimento

Lucilene Meireles / 12 de agosto de 2015
Excesso de pacientes, sobrecarga de trabalho, falta de estrutura e cansaço são algumas razões elencadas pelo presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), João Medeiros, para justificar a atitude dos médicos que não atendem bem aos pacientes. O assunto foi tema da reportagem ‘Curso tenta ensinar compaixão a médicos’, publicada na edição de domingo. A matéria mostrou que as universidades estão investindo na formação de médicos mais humanos.

Medeiros garantiu que o CRM fiscaliza o exercício da profissão para garantir a ética e que o profissional desumano, que não presta atenção no paciente, também sofre reprimendas. As punições aplicadas pelo CRM vão de uma advertência à cassação.

Muitas vezes, conforme João Medeiros, o médico não tem condição de fazer um atendimento digno porque a estrutura não permite. Na entrega de carteiras aos novos médicos, o CRM sempre tenta sensibilizar os profissionais jovens sobre a importância da relação entre médico e paciente. “Apuramos todas as denúncias de mau atendimento”, garantiu.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba

Relacionadas