terça, 25 de setembro de 2018
Concurso
Compartilhar:

Estudar questões comentadas ajuda a ‘decifrar’ as provas de concursos

Redação / 17 de julho de 2016
Foto: Divulgação
A preparação para ser aprovado em um concurso público depende de vários fatores. Lógico que afinco nos estudos, disciplina, é fundamental. Sem o esforço individual do candidato a aprovação no processo seletivo estará sujeita ao fracasso. Contudo, existem vários aspectos que podem ajudar na preparação para a prova. Uma delas é o uso de questões comentadas.

Para a consultora Isabelle Serrano, da Damásio Educacional, ressalta que o uso de questões comentadas contribui no aprendizado do conteúdo e é mais uma ferramenta na preparação do concurseiro. Ela explica que as questões comentadas e cursos de resoluções de questões são excelentes opções de estudo para os concurseiros.

Os concurseiros concordam. Taise Domingues Limas é um exemplo. Ela foi aprovada no concurso da Polícia Militar de Pernambuco e explica: “Fiz simulado, pois assim conhecia melhor a forma da banca examinadora abordar o tema estudado, como também ‘media’ meus estudos e conhecimentos. Estudando por questões eu consigo separar melhor o que é mais cobrado”. Ela conta que as questões comentadas “facilitou muito. Porque como fazia oito anos que não estudava precisava conhecer como é um concurso. Porque foi o primeiro que fiz”.

Essa opinião é compartilhada por outro concurseiro. Aprovado em concursos na Paraíba e em Pernambuco e se preparando para seleções dos Tribunais de Justiça de Minas Gerais e Pernambuco, Thiago Bento explica que “os simulados ajudaram bastante na resolução das questões das provas. É tanto que eu e outras colegas dividimos esse tipo de estudo por meio da internet”.

A estratégia de estudo em grupo adotada por Thiago Bento é correta, salienta a consultora Isabelle Serrano. “É indicado a formação de grupo de estudos com no máximo cinco pessoas, realizado pequenos encontros, para fazer questões, comentar as respostas, analisar editais, e, debater os resultados dos próprios concursos, assim poderá o candidato compreender como funcionam as bancas examinadoras, conhecer o padrão de perguntas, e, respostas”.

Isabelle Serrano lembra de outras dicas importantes como “planejar uma rotina de estudos possível, que realmente possa ser inserida na rotina do candidato é o primeiro passo. Escolher um curso preparatório que possa lhe apresentar matérias, orientar os estudos, nivelando seus conhecimentos com os dos demais possíveis candidatos, escolher bons materiais, e, praticar exercícios são ações”.

Relacionadas