terça, 25 de setembro de 2018
Geral
Compartilhar:

Como a etiqueta profissional influencia na sua imagem

Redação com assessoria / 06 de junho de 2016
Foto: Arquivo
Em cada grupo ou ambiente social é esperado que o indivíduo se comporte de determinada maneira. Na igreja é preciso que as pessoas se vistam de modo adequado, falem baixo e sejam respeitosos da maneira que o ambiente exige. Em uma sala de aula é preciso manter o silêncio, prestar atenção e demonstrar respeito aos professores e colegas. Já em uma empresa, ou outro ambiente de trabalho qualquer, a etiqueta também é muito importante, incluindo diversas atitudes que influenciam na maneira com que as pessoas o enxergam.

Segundo Camilly Gabry, que atua como coach de políticos, carreira e desenvolvimento de competências, a etiqueta profissional é a prática de boas maneiras e costumes dentro do ambiente de trabalho. “Apesar de determinados ambientes de trabalho exigirem alguns padrões comportamentais específicos (um hospital necessita impor algumas regras de higiene aos seus funcionários, por exemplo), algumas regras gerais são facilmente aplicadas para diversos ambientes diferentes. De maneira geral, cuidar com sua postura, vestuário, comportamento e modo de se comunicar auxilia no convívio com colegas, superiores, subordinados e clientes”, afirma.

A coach também lembra que é a boa postura no ambiente de trabalho inclui o que é falado com tom de brincadeira. “Apesar de um maior grau de informalidade no ambiente de trabalho estar se tornando tendência atualmente, é preciso cuidar com apelidos e brincadeiras. Recomendo se ater a chamar uma pessoa pelo modo como ela se apresenta, pois, provavelmente, ela se sente mais confortável assim”, observa.

Camilly diz que as relações com chefes também devem ser cuidadas. “Não existem muitas regras para seguir neste tipo de relação, mas é importante ressaltar que sempre é preciso respeitar as regras de hierarquia. Por mais que você tenha uma amizade com seu chefe, isso não é desculpa para começar a chegar atrasado, sair mais cedo e esperar regalias, e, claro, a qualidade de seu trabalho não pode ser comprometida por causa disso”, esclarece.

A profissional finaliza, pontuando que suas atitudes refletem o tipo de profissional que você é, e, por isso, é preciso estar pronto para realizar uma autocrítica a todo momento. “Fofocas, atrasos e até mesmo o mau uso das redes sociais podem comprometer sua imagem no mundo profissional. Saber avaliar se sua postura é adequada, e estar pronto para consertá-la, caso for preciso, é necessário”, conclui.

Relacionadas