terça, 20 de fevereiro de 2018
Geral
Compartilhar:

39,5% dos açudes da Paraíba ainda estão secos

Renata Fabrício / 13 de Abril de 2016
Foto: Arquivo
De segunda até ontem choveu em 73 municípios da Paraíba. As chuvas predominaram no Sertão do Estado, mas ocorreram também nas regiões do Cariri e Agreste. O período chuvoso do Sertão e Cariri do Estado se encerra no final de maio, e de janeiro até agora, mais de 35 municípios já registram um acumulado de chuvas superior a 500 milímetros. Mesmo assim, a reserva hídrica do Estado é de apenas 15,75% da capacidade total e 39,5% dos 124 reservatórios monitorados pela Aesa continuam secos.

Das chuvas que têm ocorrido, o principal aporte, segundo a Agência Estadual de Gestão das Águas ocorreu no Açude de São Gonçalo, em Sousa. Há um mês, o manancial estava com cerca de 5% da capacidade total, e ontem já estava pela metade de água.

Segundo a meteorologista da Aesa, Carmem Becker, o período chuvoso ainda não terminou nas regiões do Cariri e Sertão, mas já se pode perceber que algumas cidades estão bem mais úmidas que outras. “O ano passado foi seco. O período chuvoso não terminou ainda, mas o que está se verificando é que no Alto Sertão as chuvas estão de dentro a abaixo da média ainda. Mesmo assim, já tem locais que receberam mais chuvas, e municípios bastante úmidos, que receberam até mais de 500 milímetros de chuva do início do ano até agora”, disse.

Para ela, a partir de abril, aumenta-se a quantidade de nuvens e a nebulosidade do Estado, o que proporciona dias gradativamente menos quentes em outras regiões. “No Litoral, Brejo, Agreste e leste do Cariri, os meses de junho e julho são mais úmidos. Agora, a partir de abril, as chuvas passam a ser mais frequentes. Elas vão começando mais devagarinho nessas regiões. Apesar de essa época ser mais propícia a chuvas no Sertão, a quantidade de nuvens e a nebulosidade aumenta, e tem-se uma diminuição das temperaturas no Estado”, explicou Carmem.

Leia Mais

Relacionadas