quinta, 24 de maio de 2018
Esportes
Compartilhar:

Paraíba se mobiliza para promover crescimento do Futebol 7

Pessoa Junior / 27 de junho de 2016
Foto: Victor Joseh/Divulgação
O futebol 7, também conhecido como society, vive um momento de crescimento significativo no Brasil. E para não ficar fora deste cenário, técnicos e dirigentes paraibanos estão mobilizados na realização de eventos e na busca de novos talentos na modalidade, principalmente nas categorias de base.

A Federação Paraibana de Futebol 7 - FPBF7 - que foi criada em 2012, tem concentrado esforços para realizar mais eventos, mas às vezes esbarra na falta de campos. “ Na realidade o momento do futebol 7 é bom no Brasil e não podemos ficar fora deste cenário. Nós temos poucos campos, eis a grande dificuldade. Mesmo assim os eventos estão acontecendo e vamos crescer muito mais”, disse Rubens Alexandre, diretor técnico da FPBF7.

Oficialmente a FPBF7 conta nos seus registros com 12 equipes filiadas e aptas para disputas oficiais: Gol de Placa, ECMP, Apcef-PB, AAPB, Molejo, Netshoes, Barcelona, Mocidade, Paraíba7, Pica-Pau, Moroni e AAFC. A diretoria da entidade está fazendo uma campanha com o objetivo de atrair novos filiados, sempre com o objetivo de fortalecer as categorias de base.

Atualmente FPBF7 está realizando o Campeonato Paraibano de Futebol7 na categoria sub-20, mas planeja para o segundo semestre a realização de disputas nas principais categorias de base. “ No adulto estamos bem, mas queremos fortalecer a base. Por isso mesmo vamos investir no nosso Campeonato Paraibano nas suas categorias de base no segundo semestre”, comentou Tito Cartaxo, diretor administrativo da FPBF7.

Clube dos Oficiais será o mais novo filiado

Desde a semana passada que a diretoria do Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar da Paraíba – COPM-BM – trabalha no processo de filiação junto a Federação Paraibana de Futebol 7. O trabalho está bem avançado o que viabiliza a participação da equipe nos eventos interestaduais.

Com o objetivo de também fortalecer a modalidade no cenário nacional, o COPM-BM confirmou presença no Campeonato Brasileiro, categoria sub-11, que será realizado no mês de julho, em Recife. Os preparativos já foram iniciados pelo professor Leucio Laerte (Leucinho), pois o pensamento é estrear na modalidade com uma campanha positiva.

Apesar de começar com a categoria sub-11, a diretoria do COPM-BM trabalha com o objetivo de abrir espaços para novas categorias. “ Nós estamos começando no sub-11, mas já temos um planejamento para todas as categorias de base, pois é o forte do nosso clube no processo de formar os cidadãos do futuro”, disse o presidente do COPM-BM, Coronel Francisco de Assis.

societe

Investir no processo de interiorização

A diretoria da FPBF7 está trabalhando no processo de interiorização do futebol 7. Sousa, Guarabira, Campina Grande, Solânea e Santa Rita já despertaram interesse, inclusive com a construção de campos que deverão atender a realização de eventos oficiais.

Para o diretor técnico da FPBF7, Rubens Alexandre, o processo de interiorização ganha força. “O nosso presidente Wellington Belo está satisfeito com o nível do nosso futebol 7, mas quer atingir as principais cidades da Paraíba. Não adianta só trabalhar João Pessoa. Acredito que no próximo ano estaremos com grandes eventos em toda a Paraíba”, comentou.

É BOM SABER

Número de Atletas

01 - Uma partida deve ser disputada por duas equipes compostas de SETE atletas em cada uma, onde um dos quais, obrigatoriamente, será o goleiro.

02 - Não é permitido o início da partida sem que as equipes tenham, no mínimo, 07 atletas no campo de jogo.



  • ÚNICO- Quando uma equipe, ou ambas, ficar reduzida a menos de 04 atletas, seja por qualquer motivo, a partida deve ser encerrada.




03 - Na SÚMULA de jogo deve ser registrado o máximo de 1 a 5 atletas por equipe, podendo ser completada até o final da partida, inclusive na prorrogação.

04 - As SUBSTITUIÇÕES são ilimitadas e volantes, não havendo necessidade de paralisação do jogo, sendo restritas aos atletas.

registrados em súmula.

05- Quando do ATENDIMENTO a qualquer atleta lesionado, este deve deixar o campo de jogo e somente pode reincorporar-se ou ser

substituído na próxima POSSE de BOLA de sua equipe e com autorização do árbitro.



  • ÚNICO– Em caso de sangramento ou lesão grave o atleta deve deixar o campo de jogo, mas pode ser SUBSTITUIDO automaticamente.




06- As CATEGORIAS estão classificadas por sexo (masculino e feminino) e não pode haver interatividade entre as mesmas.

INFRAÇÕES

01 -As transgressões subordinadas a esta regra estão divididas em:

Infrações Técnicas.

Infrações Pessoais.

Infrações Disciplinares.

 

Relacionadas