terça, 17 de outubro de 2017
Esportes
Compartilhar:

Hipismo da Paraíba participa de mais um Brasileiro de Salto

Raniery Soares / 09 de julho de 2015
Foto: Divulgação
Os cavaleiros e amazonas da Paraíba estão enfrentando uma forte maratona de competições na região sudeste desde a semana passada. A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) realizou o Campeonato Brasileiro de Salto, nas categorias mini-mirim, pré-mirim, mirim e desde ontem acontecerá uma nova edição do certame, mas agora com as classes pré-junior, junior e young rider.

No primeiro torneio, a Paraíba esteve representada pela amazona Marina Marsicano, na categoria mini-mirim (obstáculos com 1 metro). Ela foi desclassificada na última prova, após ser penalizada com uma falta de quatro pontos, onde em toda a competição ela ainda não havia cometido nenhuma infração. A surpresa da Federação Equestre Paraibana (Fepa) é que Marina conseguiu ser finalista na categoria que contava com 88 conjuntos.

Na classe mirim (obstáculos com 1,20) o cavaleiro foi Henrique de Lorenzo, que é paulista, mas defende a bandeira da Paraíba. A categoria foi considerada a mais disputada, onde apenas um conjunto chegou à final sem nenhuma falta. Ele e o cavalo Belt Valentino ficaram na quarta colocação e ainda podem conquistar uma vaga para o Sul-americano por ter conquistado um dos melhores índices técnicos no circuito.

Desde ontem, outros quatro paraibanos estão na briga por bons resultados no Brasileiro de Salto nas categorias pré-junior, junior e young rider, no Rio de Janeiro. De forma inédita, a Paraíba terá uma equipe, formada por Henry Hardman, Bruno Barros e Felipe de Lorenzo, que competirão na classe pré-junior e Moisés Felipe Chaves, na Junior, com obstáculos de 1,40m.

Para a presidente da Federação Paraibana, Manuelina Hardman, em relação aos outros anos, a expectativa para este ano teve um aumento considerável, inclusive por conta destes dois feitos inéditos. “Nunca tivemos ninguém representando a Paraíba nos obstáculos de 1,40m. Também estamos muito otimistas com esta equipe do pré-junior e torcendo, claro, para que os bons resultados possam vir este ano”, contou.

Relacionadas