segunda, 16 de outubro de 2017
Futebol
Compartilhar:

Treze assegura Luiz Carlos Mendes no comando técnico

Maurílio Júnior / 12 de agosto de 2015
Foto: Antônio Ronaldo
Invicto na Série D do Campeonato Brasileiro, mas vindo de três empates, o Treze vive sob a desconfiança constante de sua torcida. Com uma folha mensal de R$ 96 mil, a menor dos últimos 10 anos do clube, o Galo entrou na competição nacional com o discurso de “não passar vergonha”. Até aqui cumpre com o objetivo, é verdade. Contudo, a realidade exposta pela cúpula trezeana não anula a insatisfação da torcida alvinegra com os resultados.

O time é o terceiro colocado do Grupo D, perdendo no critério de desempate para o Estanciano-SE, segundo colocado, que tem os mesmos seis pontos, mas com uma vitória a mais em relação aos paraibanos – 2 a 1. E é a ameaça de ficar fora da próxima fase, que faz do técnico Luiz Carlos Mendes, o principal alvo de criticas da torcida.

O presidente Carlos Alberto da Silva, o Bebeto, rechaçou a chance de mudar o comando técnico. “Vamos com o Luiz Carlos até o fim”, limitou-se a dizer.

Já o gerente de futebol, Josimar Barbosa, o Joba, também confirmou que Luiz Carlos Mendes segue prestigiado, apesar de faltar experiência. “Luiz Carlos segue tranquilamente no cargo. Gente da imprensa que vive os bastidores do clube é quem o quer derrubar, mas são sabedores que o nosso objetivo foi de entrar na Série D para não sofrer uma punição da CBF, já que a situação financeira atual do Treze não permite maiores investimentos”, disse.

O próximo jogo do Treze é somente no próximo dia 23, contra o líder Central, no Estádio Lacerdão, em Caruaru.

Relacionadas