sexta, 25 de maio de 2018
Série C
Compartilhar:

Em jogo quente, Botafogo arranca empate contra o River

Raniery Soares / 20 de agosto de 2016
Foto: Érica Paz/River AC
O duelo de opostos ficou só nas posições da tabela, afinal dentro de campo Botafogo e River protagonizaram uma partida muito bem disputada. O empate em 2 a 2 fez com que o Time da Maravilha do Contorno possa continuar pontuando, porém o tabu de não vencer fora de casa ainda não foi quebrado. Os donos da casa ficaram à frente do placar em dois momentos, mas o Belo deixou tudo igual e conseguiu somar um ponto.

Veja todos os lances da narração em Tempo Real

Na próxima rodada, o Botafogo jogará mais uma vez no sábado (27), só que no Almeidão, contra o América de Natal, às 19h. No dia seguinte, o River vai até Aracaju onde enfrentará o Confiança, no Estádio Batistão, às 16h.

O jogo

A partida começou quente não só pelos 37 graus de Teresina, mas principalmente pela quantidade de faltas de ambos os lados. O River nos primeiros minutos de jogo tinha as melhores investidas, mas o Botafogo também não ficava atrás e também buscava sair na frente no placar.

Depois de algumas tentativas, veio o primeiro gol da partida, marcado pelo Galo Carijó. Após um escanteio cobrado pelo lateral-direito Tote, aos 23 minutos, a bola acabou sobrando para Luciano Sorriso, que chutou no ângulo esquerdo e não deixou o goleiro Michel Alves ter nenhuma chance de defesa.

Porém, a reação do Bota demorou apenas cinco minutos e o responsável foi o zagueiro Marcelo Xavier. Após uma tabela de Rodrigo Silva com David Luis, a bola foi lançada na área e o defensor alvinegro aproveitou a bobeira da defesa para empatar a partida.

O placar igual animou o time paraibano, que tentou buscar a todo custo uma virada no placar, porém o Botafogo na ânsia de acertar, acabava errando muitos passes. Em uma dessas falhas, veio o vira-vira do Galo Carijó. O atacante Gilmak cruzou, a bola passou por toda a defesa do Belo e sobrou para Cleitinho, que dominou tranquilo para marcar o segundo gol.

No segundo tempo, a pressão do Botafogo volta novamente a entrar em cena. O técnico Itamar Schülle resolve apostar na ofensividade, sacando o lateral-direito Ângelo e promovendo o atacante Saldanha. Aos 13 minutos Carlinhos caiu dentro da área, mas o árbitro mandou ele levantar e seguir o jogo.

Quatro minutos depois, veio a oportunidade para o empate. Após um cruzamento de Sapé, Rodrigo Silva se choca com o zagueiro Dão na área e o árbitro marca pênalti para o Botafogo. Carlinhos pega a bola para cobrar, mas acaba deixando a missão para Marcinho. Na cobrança, bola para um lado, goleiro para o outro e o gol de empate do Belo.

O River ainda teve Amarildo expulso, mas mesmo com um jogador a menos, o placar acabou igual.

Relacionadas