domingo, 18 de fevereiro de 2018
Série C
Compartilhar:

Botafogo vence o Confiança e segue firme no G-4

Raniery Soares / 04 de setembro de 2016
Foto: Rafael Passos
Um jogo não recomendado para cardíacos, mas que teve um final feliz para o Botafogo. Considerada a primeira ‘final’ da Série C, já que a primeira fase está chegando ao fim, o Time da Maravilha do Contorno mostrou que quer chegar à Série B vencendo o Confiança por 2 a 1, com direito a gols sendo marcados por Saldanha e Djavan, que nunca haviam balançado as redes com a camisa do Belo.

Veja todos os lances da narração em Tempo Real

A partida aconteceu neste domingo (4), no Estádio Almeidão. Com o resultado, o Botafogo permanece firme no G-4 com 26 pontos, acreditando na classificação para a próxima fase do Campeonato Brasileiro.

Na próxima rodada, o adversário será o ASA-AL jogando fora de João Pessoa, no Estádio Municipal de Arapiraca, às 16h do domingo (11). Já o Confiança terá mais um compromisso na casa do adversário, contra o América de Natal. A partida acontecerá no sábado, às 19h.

O jogo

O primeiro tempo já começou ofensivo pelos dois lados. Aos seis minutos, Cascata chutou forte e o goleiro Michel Alves se assustou, ainda reclamando com os defensores do Belo. Logo depois, aos 14, o Confiança teve mais uma oportunidade com Márcio, que na hora do chute foi impedido por João Paulo.

A resposta do Belo veio aos 27 minutos, com o mesmo João Paulo cruzando para Carlinhos, pela direita, mas a bola acabou indo direto para as mãos do goleiro Júnior Belliato. Um minuto após este lance, Rodrigo Silva aproveitou uma sobra de bola na entrada da grande área e chutou forte. O goleiro do Confiança precisou trabalhar bem para fazer a defesa.

Veio o segundo tempo e dentro dos 45 minutos finais, os times protagonizaram fortes emoções, a começar pela expulsão do jogador Márcio, do Confiança. Ele já tinha um cartão amarelo e numa jogada com o atacante Saldanha (do Belo), ele levantou muito a perna e o árbitro acabou dando um novo cartão, desta vez o vermelho.

A insistência do Botafogo já era bem maior. Aos 28, David Luis acertou uma bola de cabeça e se ela não tivesse ido para fora, com certeza seria o primeiro gol do Belo.

No minuto seguinte, Gustavo iniciou a jogada pelo lado direito, tocou para Marcinho e depois para Warley. Com a perna esquerda, Saldanha chutou rasteiro e abriu o placar para o Bota. Festa nas arquibancadas e 1 a 0 para o alvinegro da estrela vermelha.

Contudo, a alegria do Botafogo não durou muito. O árbitro Wanderson Alves de Sousa marcou um pênalti para o Confiança, numa jogada que causou dúvida. O volante Djavan e o jogador Lucas se chocaram, o que naturalmente seria um lance normal. Na cobrança, Wallace Pernambuco chuta para um lado e Michel Alves cai para o outro, empatando a partida no Almeidão.

Para completar, o lateral-direito Gustavo ainda foi expulso aos 40 minutos, o que deixou os dois times com apenas dez jogadores.

Mas, o Botafogo não estava satisfeito com o empate, afinal passou muito tempo sendo absoluto quando o assunto era jogar no Almeidão. E assim aconteceu. Warley escorou a bola de cabeça, passando por Saldanha e Djavan surgindo como elemento surpresa, chutando de perna esquerda e marcando o gol da vitória do Belo, além de ser o seu primeiro com a camisa do alvinegro.

Relacionadas