Acesso

Futebol
Compartilhar:

Sem técnico: Roberto Fonseca não comanda o Botafogo em Fortaleza

Franco Ferreira / 14 de julho de 2015
Foto: Rafael Passos
O Botafogo começou a semana de preparação vivendo as expectativas do próximo jogo contra o Fortaleza-CE, sábado à tarde, no estádio Presidente Vargas, na capital cearense. Para este compromisso pela sétima rodada da Série C do Brasileiro, o Botafogo não conta com o treinador Roberto Fonseca e com o volante Marcel, que foram expulsos no jogo passado.

A expulsão de Roberto Fonseca aconteceu ainda no primeiro tempo do jogo que o Botafogo perdeu para o Vila Nova-GO por 2 a 0, na rodada passada, em Goiás. “O que foi que eu fiz”, questionou Roberto Fonseca antes de deixar a área destinado a comissão técnica.

O árbitro, Thiago de Alencar Gonzaga (MS) explicou na súmula que, Roberto Fonseca reclamou acintosamente das decisões da equipe de arbitragem, gesticulando de forma agressiva, e ainda em sinal de protesto chutou uma garrafa de água que estava localizada à margem do campo.

A súmula também destaca “relato ainda que após a exclusão o mesmo, de forma contundente desferiu dois tapas no peito do quarto arbitro.Seguindo determina a CBF, Roberto e Fonseca e Marcel terão que cumprir suspensão. É que, a partir deste ano, a CBF decidiu estender a suspensão automática também para quem fica no banco de reservas. O artigo 52 do Regulamento Geral das Competições da CBF diz que “o atleta e o membro de comissão técnica que forem expulsos de campo ou do banco de reservas ficarão automaticamente impedidos de participar da partida subsequente, independentemente do mérito e da data da decisão do julgamento da infração disciplinar pelo STJD”.

Relacionadas