quinta, 18 de outubro de 2018
Futebol
Compartilhar:

Raposa se concentra para novo desafio na Série D

Franco Ferreira / 03 de junho de 2016
Foto: Raniery Soares/Arquivo
Depois de se credenciar para levantar a taça de bicampeão estadual, o Campinense volta o foco agora para a estreia no Brasileiro da Série D. A competição é considerada difícil pelo treinador Francisco Diá. Depois de analisar os adversários, ele considera que a Raposa está no grupo da morte.

O primeiro adversário do Campinense é o Murici, no interior de Alagoas, no dia 12. “Será um jogo difícil, o Murici está reforçado, contratou vários jogadores do CSA e temos de chegar na competição preparados”, disse Francisco Diá, adiantando que o Fluminense de Feira-BA sempre monta times fortes e o Sergipe tem a base da equipe campeã.

Ao analisar a vitória do Campinense sobre o Botafogo por 3 a 2, Francisco Diá elogiou o comportamento do seu time e disse que, “os jogadores cumpriram as determinações táticas, colocando em ação uma forte marcação, sem deixar de explorar as jogadas ofensivas”.

Ele, no entanto, criticou o árbitro Renan Roberto pela expulsão do meia Jussimar. “A falta cometida pelo nosso jogador não foi motivo para cartão”. Para Diá, o importante foi vencer e continuar com a vantagem de mesmo perdendo pelo placar mínimo, o Campinense será o bicampeão estadual.

Leia Mais

Relacionadas