domingo, 18 de fevereiro de 2018
Futebol
Compartilhar:

Precariedade do Teixeirão preocupa técnico do Auto Esporte

Franco Ferreira / 19 de Abril de 2016
Foto: Divulgação
O Auto Esporte tem uma semana para se preparar visado o jogo decisivo contra o Santa Cruz, sábado, no estádio Teixeirão. E o treinador automobilista, Índio Ferreira, que foi expulso e não vai ficar no banco para orientar seu time, tem outra grande preocupação: as péssimas condições do estádio Teixeirão.

“O gramado (Teixeirão) é um fator preocupante sim. Nós temos um time leve e rápido e jogar em um gramado ruim não é bom”, disse Índio, acrescentando, “mas não temos que ter isso como obstáculos e sim como uma motivação maior. São nos momentos difíceis que você tem que se superar”.

Os treinamentos serão retomados a partir de hoje, no Colosso Alvirrubro. Todos os jogadores estão à disposição para este compromisso que vale praticamente a permanência na primeira divisão do campeonato Paraibano de 2017. “Sim estão todos à disposição”. “Rafael Speda sentiu uma torção no tornozelo, mas creio que não preocupa”, disse Índio Ferreira.

Índio falou sobre sua exclusão no jogo passado, quando o Auto Esporte venceu o Esporte de Patos por 1 a 0. “Não falei nada. Ele ouviu uma voz do além. A única palavra dirigida ao árbitro foi pra que ele usasse o mesmo critério para os dois lados na reversão de um lateral nosso. Ai ele disse tá expulso. Só isso”.

Leia Mais

Relacionadas